A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, outubro 04, 2004

REGISTRO DE AGROTÓXICOS TERÁ NOVA NORMA

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento publica nesta segunda-feira (04/10), no “Diário Oficial da União”, uma norma para consulta pública sobre procedimentos e critérios técnicos para o Registro Especial Temporário de pesquisa e experimentação de agrotóxicos e afins. A nova norma disciplinará todos os tipos de testes: laboratoriais, em campo, inclusive aqueles que forem destinados à pesquisa ambiental, e de saúde pública.
Com base na normativa, todas as instituições de ensino e pesquisa e estações experimentais, oficiais e credenciadas pelo Ministério da Agricultura em todo o Brasil, que realizam ensaios experimentais com defensivos agrícolas deverão requerer o Registro Especial Temporário para executar as experimentações agrícolas com este insumo.
A regulamentação atende a legislação federal, a Lei nº 7.802/89, e constitui um mecanismo de controle sobre os defensivos agrícolas em teste no território brasileiro.
“A nova norma ajudará a destravar todas as pesquisas que estão para ser realizadas no país, fomentará a contratação de pesquisadores e especialistas em estações experimentais de empresas privadas e credenciadas pelo ministério, além de manter um controle mais rigoroso de agrotóxicos em teste no Brasil”, avalia o diretor do Departamento de Defesa e Inspeção Vegetal da Secretaria de Defesa Agropecuária, Girabis Ramos.


Fonte: MAPA

Nenhum comentário:

Arquivo do blog