A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, julho 31, 2017

Maior evento de irrigação do Brasil começa nesta terça-feira (1º), em Campinas (SP)




Cidade sediará a maior feira de irrigação já realizada no país, com palestras, minicursos e exposição técnica

 

O mercado de irrigação tem crescido de forma constante, ao longo dos últimos anos, no Brasil. Segundo, a Câmara Setorial de Equipamentos de Irrigação da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), houve um crescimento de 4% na área agrícola irrigada no país, quando comparado à 2015.

"O surgimento de novas tecnologias e de novos fabricantes, além de, principalmente, a alta demanda à campo, são fatores que estão tornando o mercado cada vez mais aquecido", explica Denizart Vidigal, coordenador da Feira Internacional da Irrigação Brasil 2017 (FIIB 2017), maior evento do setor no país, que acontecerá de 1 a 3 de agosto, no Expo Dom Pedro (Dom Pedro Shopping), em Campinas (SP).

A feira tem como objetivo proporcionar integração e networking entre as empresas e os profissionais da área, por meio de uma grande exposição técnica (serviços e equipamentos), com mais de 60 expositores no local, além de disseminar conhecimentos com a realização de palestras diferenciadas e minicursos ao longo de toda a programação.

Dentre os principais temas que serão abordados durante o evento estão Gestão Hídrica; Sustentabilidade na Irrigação; Agrometreologia; Gotejamento; Projetos de Irrigação; Custos de Bombeamento; Papel da Irrigação no Desenvolvimento Econômico e Social; Irrigação na Fruticultura, no Paisagismo e em Gramados Esportivos; Manejo de Irrigação; Filtragem; Software de Desempenho de Irrigação, dentre muitos outros.

AUTORIDADES

Na solenidade de abertura do evento, no dia 1º de agosto, diversas autoridades importantes do agronegócio brasileiro estarão presentes. Já estão confirmados: Alysson Paolinelli, ex-ministro da Agricultura e atual presidente da Associação Brasileira de Produtores de Milho (Abramilho); Arnaldo Jardim, secretario de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo; e Ricardo Salles, secretário estadual de Meio Ambiente de São Paulo.

SUSTENTABILIDADE

O evento contará ainda com uma palestra do pesquisador da Embrapa Cerrados e editor técnico de dois livros importantes na área, Lineu Neiva Rodrigues. Na ocasião, ele tratará do "Uso da água na agricultura irrigada", apresentação que acontecerá no dia 3 de agosto.

Dentre as obras idealizadas por Lineu, em parceria com outros pesquisadores e profissionais, estão  "Água: Desafios para a Sustentabilidade da Agricultura" e "Agricultura Irrigada: desafios e oportunidades para o desenvolvimento sustentável", publicações que tratam o tema da sustentabilidade na irrigação com grande profundidade, apresentando as diversas facetas desta questão na agricultura brasileira. O primeiro livro já pode ser adquirido na livraria da Embrapa (http://vendasliv.sct.embrapa.br/liv4/consultaProduto.do?metodo=detalhar&codigoProduto=00085190) e o segundo será lançado e estará disponível à partir de setembro.

Ainda dentro do foco da sustentabilidade, com orientações práticas para o produtor, visando o sucesso a campo e a otimização de recursos e insumos, o engenheiro agrônomo e consultor da ICL Brasil, Luiz Dimenstein, lançará o livro "Manejo de Fertirrigação", durante a feira. A obra dá ênfase exatamente no manejo das plantas, processo que é responsável pela tomada de decisões pelo produtor, a fim de suprir nutrientes, ajustar e corrigir pH, salinidade, doses dos fertilizantes solúveis, dentre outros, a fim de evitar os extremos de carências ou de excessos de cada nutriente relevante.

SOBRE A FIIB

A programação completa da FIIB pode ser acessada diretamente no site oficial do evento
www.fiib.com.br

A feira é gratuita e aberta ao público (maiores de 18 anos). As inscrições podem ser feitas antecipadamente no site do evento ou realizadas também diretamente no local durante a feira.

A estimativa de público é de cerca de 3 mil visitantes, durante os três dias de evento.

TECNOLOGIAS DA FIIB

Confira, abaixo, algumas das novidades e tecnologias que serão apresentadas pelos expositores da FIIB, em Campinas (SP).

Agrolink Holambra - A empresa trará projetos, equipamentos e suporte técnico. Possui projetos para instalação de sistemas para irrigação e climatização. A especialidade da companhia é a fertirrigação e a automação para todos os cultivos. Possuem equipe técnica para o desenvolvimento de soluções e manejo dos equipamentos.

Agrosmart - A Agrosmart apresentará um sistema que se conecta à lavoura para gerar recomendações de irrigação em tempo real, de acordo com a necessidade da planta, em cada momento da safra. O sistema permite economizar até 60% de água e 40% de energia, aumentando a eficiência da produção. A Agrosmart estará na FIIB com parceiros, como a NaanDanJain e a Monitorar. Além disso, a CEO da empresa, Mariana Vasconcelos, fará uma palestra sobre "A Era da Cultura Digital" no dia 3 de agosto, às 9h30.

Agrosystem - Distribuído com exclusividade pela Agrosystem, o EnviroMonitor, é a grande novidade que a empresa traz para a FIIB. O sistema, desenvolvido pela empresa norte-americana Davis, permite a medição e o gerenciamento dos parâmetros ambientais de clima e solo, com o objetivo de otimizar a produtividade e reduzir custos da lavoura utilizando uma rede de sensores. Entre outras vantagens, faz o monitoramento preciso em diversos pontos da lavoura, enviando, para o produtor, os dados em tempo real.

Asten & Cia - Apresentará toda a sua linha de produtos para irrigação, inclusive de Micro Irrigação, que estará em exposição no estande da FIIB. Ao longo de seus 66 anos, a empresa continua sendo sinônimo de qualidade e tradição, além disso, é representante exclusiva da marca Antelco no Brasil.

Bermad Brasil - A empresa fará no evento, o lançamento da nova linha de Controladores para Irrigação, com novidades na comunicação de dados. A empresa é líder mundial em soluções para controle de água e ar em sistemas de irrigação. Possui equipamentos e assessoria para dimensionamento de estruturas de segurança e automação em sistemas de irrigação e transporte de água.  Líder mundial também na fabricação de Válvulas de Controle, Ventosas, Controladores e equipamentos para automação em sistemas de Irrigação.

Brasil Drip - Apresentará sistemas de irrigação por gotejamento. Mangueiras gotejadoras, filtros, conexões, ferramentas de instalação e equipamentos para monitoramento do uso adequado da água fazem parte do portfólio da Brasil Drip.

BSV & Baccara – A BSV & Baccara apresentarão o MOTTECH Water Management & MOTOROLA SOLUTIONS IRRInet: monitoramento e controle de múltiplos e simultâneos sistemas de irrigação e de obras de distribuição de água, com grande flexibilidade de gerenciamento, podendo ser local ou remoto, utilizando mapas de satélite integrados com o sistema de controle intuitivo por "touch screen". Com a especialidade da Motorola, permite comunicação nas mais diferentes maneiras, como: internet, dados móveis via satélite, cabo comum, fibra ótica e rádio, com equipamentos robustos e confiáveis.
Hidro Solo - A Hidro Solo trará soluções para irrigação, abrangendo produtos para pequenas, médias e grandes empresas. Fundada em 1981, a Hidro Solo se notabilizou no desenvolvimento e fabricação de Sistemas de Filtragem para variadas condições de qualidade da água bruta na agricultura irrigada. Com mais de 3.000 m² de área construída, em sede própria, a Hidro Solo possui um parque industrial totalmente estruturado, com diversas máquinas CNC, pintura eletrostática à pó e uma equipe fabril altamente qualificada.

Iavant - Empresa com soluções de filtragem, a Iavant atua há 25 anos no segmento com tecnologia patenteada e produção 100% local. Devido à grande diversidade nas fontes de água e efluentes, desenvolvem equipamentos específicos para cada aplicação com excelente custo benefício, em função da crescente demanda por água de qualidade aliada à redução na disponibilidade. Assim, os separadores de sólidos e filtro automáticos auto limpantes são os produtos de destaque.

Injetron - A empresa possui profissionais experientes e o maior mix de produtos do mercado de peças para sistemas de irrigação localizada. A companhia dispõe de soluções, que se adequam às necessidades dos clientes, indicando o equipamento mais adequado para a sua aplicação, com atendimento especial e diferenciado junto aos clientes.

Irritron - Fundada em 1996, a empresa vem inovando e colocando novos produtos no mercado a cada ano. A mais recente novidade que apresentará na feira é o controlador Irriplus VR que, associado a um inversor de frequência, possibilita variar a rotação dos motores elétricos de acordo com a demanda de pressão de cada válvula de setor. A Irritron é a primeira empresa brasileira fabricante de equipamentos para automação de sistemas de irrigação e a única com solução completa nesse segmento. Fabrica controladores eletrônicos, válvulas hidráulicas, válvulas solenóide, solenóides três vias com base, ventosas, acionadores de partida, amplificadores de potência para controladores, aspersores e muitos outros periféricos.

Lindsay - A Lindsay é a única empresa no Brasil com real experiência em gerenciamento de pivôs, e com tecnologia realmente desenvolvida para o campo comprovada nele, que possui o maior número de pivôs monitorados remotamente de forma confiável e segura. A companhia trará para a FIIB, o FieldNET, que é uma plataforma que monitora e controla pivôs e sistemas de irrigação localizada Web-based - software com suporte em aplicativos móveis, painéis de controle e hardware de telemetria com integração de sensores e estações de bombeamento.

Luperplas - A Luperplas está no mercado há mais de 22 anos e oferece soluções em tubos de PVC, com entregas rápidas e qualidade. Os produtos são fabricados seguindo os padrões estabelecidos pelas normas da ABNT, assim como também fabrica produtos especiais de acordo com a necessidade do cliente. Atuam na linha de irrigação, predial, infra estrutura e saneamento.

Marbella do Brasil - Na FIIB 2017, a Marbella do Brasil apresentará o Marbella filtro Duplo, um equipamento que oferece economia e praticidade, ocupando menos espaço e facilitando o manuseio. A empresa é especializada em soluções para irrigação e tratamento de água há 20 anos. Desde então, vem consolidando seus processos de fabricação de produtos e desenvolvendo novas soluções para atender cada vez melhor as necessidades do mercado.

Plasnova Tubos - A Plasnova Tubos apresentará na FIIB 2017, três tamanhos de válvulas anti-dreno (½', ¾' e 1'). A novidade trata-se de um produto que elimina o encharcamento da região onde o rotor ou o aspersor está instalado. A empresa é especializada na comercialização de tubos de irrigação nas mais diferentes formas de apresentação, sempre buscando oferecer vantagem competitiva sustentável para seus clientes.
Petroisa - A Petroisa Irrigação lançará na FIIB 2017, novas  opções para irrigação localizada, trazendo ao mercado maior eficiência e economia. MINI-ROTOR: Considerado o intermediário na família da aspersão, possui maior alcance e vazão em relação aos microaspersores - com diversas vazões possui uma excelente relação custo-benefício. MICROTUBO SPAGHETTI: Excelente alternativa de irrigação localizada para cultivo em vasos e slabs – com diversas vazões e comprimentos.

Senninger Irrigação - A empresa trará para o evento, os emissores da linha Wob, que proporcionam o que há de mais eficiente em termos de irrigação de alto desempenho com baixo consumo de energia. Com sede na Flórida desde 1963 e no Brasil há 14 anos, na cidade de Jaguariúna (SP), a empresa é líder na criação e desenvolvimento de produtos para irrigação. Na linha de produtos estão Aspersores, Reguladores de Pressão, Bocais, etc.. têm aplicação na agricultura, mineração e efluentes – sistemas projetados para distribuir água o mais uniforme e eficiente possível.

Terra Júnior Consultoria Agropecuária - Referência entre as empresas juniores da Universidade Federal de Lavras (UFLA), atua na prestação de serviços de consultoria em todos os setores agropecuários. Foi fundada no ano de 2000 e em toda sua história possui um caráter diferencial que é a multidisciplinaridade. Formada pelos cursos de Administração, Agronomia, Engenharia Agrícola, Engenharia Florestal, Medicina Veterinária e Zootecnia, a Terra Jr sempre contou com a total assistência de professores dos departamentos destes cursos. Por ser a única empresa júnior de caráter multidisciplinar da região, se tornou diferenciada pela grande capacitação teórica dos membros e pela orientação de professores da Universidade Federal de Lavras. A Terra Jr é uma organização sem fins lucrativos, portanto os preços cobrados pelos projetos são mais acessíveis que os de mercado.

Terra Molhada - Especializados no desenvolvimento de projetos e venda de materiais para sistemas de irrigação. Atuam deste o gotejamento até pivot central/automação, fertirrigação, gotejamento, nebulização, microaspersão , aspersão, canhão, carretel irrigador, pivô central e linear.

Vetro - A empresa está no mercado há mais de 30 anos fabricando tubos e conexões de PRFV e RPVC. Na FIIB irá lançar o Tubo E-PRFV, com design inovador e exclusivo, que resultou em um produto leve, com a mesma resistência mecânica de um tubo de fibra convencional e ainda fabricado sem adição de carga. Sua versatilidade permite que ele seja utilizado na condução de água, vinhaça, resíduos de esgoto, produtos corrosivos e com altas temperaturas. A principal vantagem é o baixo custo de venda, se comparado a similares. A novidade atende ainda à diversos mercados: irrigação, sucroalcooleiro, citros, indústrias químicas, papel e celulose, construtoras, engenharias, dentre outros.



SERVIÇO
Feira Internacional da Irrigação Brasil  2017 (FIIB 2017)
Data: 1, 2 e 3 de agosto
Local: Expo Dom Pedro, em Campinas (SP)
Mais informações: www.feiradeirrigacao.com.br


INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA
MyPress & Co.
imprensa@mypress.com.br
(19) 3304-4833 | (19) 3304-6622

Jornalistas Responsáveis:
Daniela Mattiaso
daniela@mypress.com.br
(19) 9 8291-9444

Isabella Monteiro
isabella@mypress.com.br
(19) 9 7410-1620


EMBRAPA: Aplicativo Controlpec 1.0 está mais flexível





A ferramenta é para controlar despesas e receitas da propriedade 



O Controlpec 1.0 é um aplicativo que a Embrapa Gado de Corte lançou em 2012 para auxiliar o produtor rural nas finanças da propriedade. A planilha em Excel foi formulada para controlar custos e receitas de uma produção, que pode ser tanto para pecuária como para agricultura. Desde o seu lançamento há cinco anos, os pesquisadores acompanham e recebem demandas de seus usuários e foi exatamente para atender sugestões dos clientes que este ano a ferramenta sofreu modificações. A demanda era para aumentar o número de linhas da planilha, pois para alguns as anotações são mais numerosas e as linhas não eram suficientes para todas as movimentações.


Segundo o pesquisador Fernando Paim Costa, o ajuste foi feito na tabela de forma a atender o público que utiliza o aplicativo, e a nova versão já está disponibilizada sem custo algum para o usuário que só precisa “baixar o aplicativo” disponível no site da Embrapa Gado de Corte. “Dobramos o número de linhas de 150 para 300 nas abas de janeiro a dezembro para lançamento do movimento financeiro diário, ajustamos fórmulas, mas a lógica foi mantida”, explica Paim ressaltando que o Controlpec 1.0 é uma ferramenta para se registrar e avaliar de forma sistemática, custos e receitas e que pode ser utilizada para qualquer negócio. Ainda segundo o pesquisador, o Controlpec 1.0 é uma ferramenta simples. “Os produtores que fazem anotações manuais podem transferir seus números para o computador e os que já fazem uso da informática poderão controlar seus resultados gastando menos tempo e obtendo maior precisão”, diz.


Se muitos produtores acham difícil e não registram nem avaliam seus custos e receitas pela falta de uma ferramenta podem mudar de ideia porque além do Controlpec 1.0 ser uma ferramenta de fácil utilização e de interpretação de dados, seu custo é zero. E para detalhes da planilha, bem como conhecer seu manual o endereço eletrônico é: http://cloud.cnpgc.embrapa.br/controlpec/


O que se espera com este aplicativo e outros lançados pela Embrapa é elevar o nível de gestão das propriedades e não concorrer com o mercado, até porque a ferramenta não tem custo para o usuário. Para o pesquisador, “gerenciar com acerto é crucial para a sobrevivência e o sucesso de qualquer empreendimento do agronegócio”. E faz um alerta aos produtores: “Como a lucratividade da pecuária de corte tem se reduzido pela queda no preço de seus produtos e pela alta nos custos de produção, controlar a atividade tornou-se crucial para aqueles que querem se manter no negócio. Controlar as finanças da fazenda é necessário e inclui elaborar relatórios que consolidam despesas, receitas e margens econômicas da atividade, tendo em conta o plano de contas definido pelo usuário. Os resultados são expostos para cada mês do ano e para todo o ano”.


O aplicativo Conrolpec 1.0 desde seu lançamento foi baixado por cerca de 30 mil pessoas e as contribuições para seu aperfeiçoamento, bem como solicitações de orientação relativas a seu uso, poderão ser encaminhadas para o endereço:https://www.embrapa.br/fale-conosco



 
Eliana Cezar, jornalista (DRT/15410/SP)
Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO)
Embrapa Gado de Corte
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
Campo Grande/MS

CNC - Balanço Semanal de 24 a 28/07/2017



BALANÇO SEMANAL — 24 a 28/07/2017

Contratos assinados até 28 de julho credenciam agentes financeiros a operarem com 81,5% dos recursos do Funcafé

FUNCAFÉ Nesta semana, o Diário Oficial da União (DOU) publicou a assinatura de mais 17 contratos autorizando a liberação de recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) aos agentes financeiros, que correspondem a uma demanda de R$ 2,157 bilhões. Somados ao R$ 1,827 bilhão da semana anterior, o montante permitido para repasse às instituições até hoje (28) chega a R$ 3,984 bilhões, ou 81,5% do total de R$ 4,890 bilhões aprovados para a safra 2017.

O Conselho Nacional do Café (CNC) recorda que a assinatura dos contratos apenas credencia os bancos e cooperativas de crédito a operarem com recursos do Fundo. Para o encaminhamento do capital aos agentes e a consequente tomada pelos mutuários, faz-se necessário que procurem suas instituições de crédito e apresentem as demandas, que serão encaminhadas ao Governo para o posterior repasse até a ponta final.


PROMOÇÃO DA SUSTENTABILIDADE

Na quarta-feira, 26 de julho, o presidente do CNC, deputado Silas Brasileiro, recebeu a diretora executiva da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), Vanusia Nogueira, e o presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Marcelo Vieira, também conselheiro diretor da BSCA.

Foram debatidos aspectos da promoção mundial da sustentabilidade da cafeicultura brasileira, ponto que as três entidades entendem como cruciais para a manutenção dos mercados estratégicos e para a abertura ou ampliação da participação nacional em novos e emergentes países consumidores de café.

A diretora da BSCA – entidade associada ao CNC – comenta que a reunião foi um reinício das discussões visando à análise de viabilidade de adesão do agronegócio café ao segmento "Imagem" do Programa Acesso a Mercados (PAM-AGRO), iniciativa nascida da parceria entre a Apex-Brasil e o Ministério da Agricultura e que conta com a participação do Ministério das Relações Exteriores e da Camex.

Vanusia explica que o projeto pretende trabalhar internacionalmente a imagem do Brasil agro, contando com o apoio de todos os segmentos relevantes na exportação. O presidente do CNC completa citando que a ideia é tratar todos os assuntos das sustentabilidades ambiental e social, exemplares no País, e o profissionalismo e os investimentos em pesquisa e tecnologia com os demais governos mundiais e formadores de opinião, como jornalistas, ONGs, entre outros.

ESTHÉRIO COLNAGO
No dia 22 de julho, o cooperativismo capixaba perdeu uma de suas principais, senão a principal liderança com o falecimento prematuro e repentino do presidente do Sistema OCB/ES, Esthério Sebastião Colnago. Frente a essa fatalidade, o CNC, que se fez presente ao velório através de seu presidente Silas Brasileiro, manifesta a família, amigos e colaboradores suas profundas condolências, enaltecendo todo o trabalho, o idealismo e a forma de ser desse líder nato e exemplar.

Entusiasta do conhecimento e do aprimoramento, Esthério foi defensor de todos os ramos do cooperativismo e batalhou, também, pela inclusão dos jovens e mulheres. Sem dúvida, a convivência com ele, nestes últimos anos, juntamente ao CNC, foi uma experiência importante e gratificante, o que nos faz lamentar profundamente o seu falecimento. Entretanto, pessoas como Esthério deixam uma história registrada, deixam seu legado, e a nossa gratidão vem por todo o trabalho e toda a dedicação voltados ao cooperativismo e à cafeicultura.

MERCADO — Após uma queda de 4% nos dois primeiros pregões, os contratos futuros internacionais do café se recuperaram e fecharam praticamente estáveis no agregado da semana.

A desvalorização inicial se deu em função de um ajuste de posições por parte dos fundos, ao passo que a recuperação veio com base no sentimento de preocupação com o equilíbrio entre oferta e demanda global.

Na ICE Futures US, o vencimento setembro do Contrato C foi cotado, na quinta-feira, a US$ 1,3595 por libra-peso, com queda de 60 pontos em relação ao final da semana passada. O vencimento setembro do contrato futuro do robusta, negociado na ICE Futures Europe, encerrou o pregão de ontem a US$ 2.141 por tonelada, recuando apenas US$ 2.

O dólar comercial, depois de uma queda significativa na quarta-feira, fechou em alta ontem e retomou um balanço positivo na semana. O movimento foi puxado pela informação do Federal Reserve (FED, banco central dos EUA) de que iniciará a redução de seu balanço patrimonial em breve. Na quinta-feira, a divisa norte-americana foi cotada a R$ 3,1561, com alta de 0,5% ante a semana anterior.

De acordo com a Somar Meteorologia, o tempo continua firme e seco nos próximos cinco dias em Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Rondônia. Já do Espírito Santo ao sul da Bahia, há possibilidade de chuva fraca. Em relação a geadas, a empresa descartou a possibilidade no cinturão produtor e apontou que, mesmo que a temperatura caia no Sul de Minas, o declínio não será por entrada de massa de ar polar e, assim, não há risco.

Ainda conforme a Somar, o padrão atmosférico não deve se alterar até a próxima quarta-feira, quando as simulações passam a apontar o retorno da chuva ao Paraná e, posteriormente, para áreas de São Paulo e para o Sul de Minas Gerais, porém de forma isolada.

No mercado doméstico, os indicadores calculados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) para as variedades arábica e conilon tiveram pouca oscilação e foram cotados, ontem, a R$ 458,84/saca e a R$ 415,26/saca, com variações de 0,7% e 0,5%, respectivamente, na comparação com o fechamento da semana anterior. O cenário ainda permanece com poucos negócios realizados, à medida que os produtores aguardam melhores preços.

Atenciosamente,
Deputado Silas Brasileiro
Presidente Executivo
CNC - Sede Brasília (DF)
SCN Qd. 01, Bloco C, nº 85, Ed. Brasília Trade Center - Sala 1.101 - CEP: 70711-902
Fone / Fax: (61) 3226-2269 / 3342-2610
E-mail: imprensa@cncafe.com.br

quarta-feira, julho 26, 2017

UCHO.INFO: Até o PT se constrange com o apoio de Gleisi a Nicolás Maduro, que viola a democracia e mata opositores






Os delírios comunistas da senadora Gleisi Helena Hoffmann (PT-PR), durante encontro do Foro de São Paulo, na Nicarágua, foram tão radicais (ela celebrou a Revolução Russa, elogiou Ernesto “Che” Guevara e afirmou que o presidente Nicolás Maduro, que destruiu a democracia e está assassinando seu povo na Venezuela, é “perseguido”), que sequer conquistaram o apoio e solidariedade do PT. Exagerados, os devaneios esquerdistas de Gleisi provocaram divisões dentro do próprio Partido dos Trabalhadores.

Enquanto Gleisi Helena manifesta apoio incondicional à Constituinte convocada por Maduro, uma ala petista defende posição mais cautelosa com relação ao tiranete bolivariano, que pretende dar um golpe no Congresso (onde está em minoria) com uma Constituinte altamente questionada pelo povo venezuelano e pela comunidade internacional.

O próprio Lula estaria preocupado com os rumos de Nicolás Maduro, que vem radicalizando a situação política e apostando na violência. Segundo avaliações, Lula não quer amarrar o PT a um governo que pode terminar em banho de sangue.

A decisão de Gleisi de apoiar de forma irrestrita as sandices homicidas de Maduro teria provocado irritação em Lula e nas alas mais moderadas do PT. Uma onda de protestos contra o ditador venezuelano e sua Constituinte “fake” já deixou mais de cem mortos nos últimos quatro meses.

Sem medo de ser feliz, Gleisi Helena faz defesa irrestrita da Constituinte de Maduro. Ao abrir o 23º encontro do Foro de São Paulo, em Manágua, a petista paranaense manifestou, em nome do partido, “apoio e solidariedade ao governo do PSUV [Partido Socialista Unido da Venezuela], seus aliados e ao presidente Maduro frente à violenta ofensiva da direita”.

Na terça-feira (25), a senadora reafirmou o aval do partido à convocação da Assembleia Constituinte. A presidente dos petistas comparou a atuação da oposição venezuelana à brasileira, que levou ao impeachment da “companheira” Dilma Rousseff. Uma comparação vista com desconforto pelo PT.

Com a costumeira falta de bom senso, Gleisi não vê contradição no fato de o PT reivindicar eleições diretas no Brasil e endossar a Assembleia Constituinte na Venezuela. “Gostando-se ou não de Maduro, ele tem legitimidade, foi eleito em urna, o que não é o caso de quem hoje governa o Brasil”, disse, levando o paralelo entre a situação da Venezuela e a do Brasil a novo nível de insanidade.

Impelida às últimas consequências, ela sugere que Dilma poderia ter bancado uma reação armada à sua deposição, com base em normas jurídicas. Fora de controle, Glieisi parece encantada com o fato de estar a presidir o partido que durante pouco mais de treze anos dedicou-se ao banditismo político, como mostram as investigações da Operação Lava-Jato. É preciso que alguém contenha essa senhora, antes que o pior aconteça.


Fonte: Ucho.Info

Alexandre Frota esculacha a Presidenta do PT, a PeTralha Gleisi Hoffmann




"Essa mulher que não merece nenhum respeito do Brasileiro, enquanto política. Medíocre, nojenta, prepotente, uma mulher viciada em ações fraudulentas ..." Alexandre Frota

segunda-feira, julho 24, 2017

Brasil sediará Conferência Internacional de Consumo de Brócolis




Evento reunirá profissionais de Pesquisa, Nutrição, Saúde, Gastronomia, Varejo e Mídia para debater os benefícios nutracêuticos e o potencial de consumo da hortaliça no país

 

No dia 8 de agosto, acontece, pela primeira fora do território europeu, a 5ª edição da Conferência Internacional de Consumo de Brócolis – a Broccoli Consumption Conference, em Atibaia (SP), que reunirá um público seleto de convidados nacionais e internacionais, constituído por formadores de opinião nas áreas de Pesquisa, Saúde, Nutrição, Gastronomia, Varejo e profissionais da Imprensa.

Promovida pela Sakata Seed Sudamerica, multinacional japonesa de sementes de hortaliças e flores, esta Conferência é uma iniciativa do Grupo Sakata, que será realizada pela primeira vez na América do Sul, sendo o Brasil o país escolhido como sede devido ao seu grande potencial de mercado.

De acordo com presidente da Sakata, Marcello Takagui, "a proposta desta edição é debater o promissor cenário de produção e comercialização de brócolis, bem como incentivar o consumo da hortaliça na América do Sul que, apesar de estar em crescimento contínuo, ainda possui um enorme potencial a ser explorado. O objetivo é difundir, junto à opinião pública, os benefícios nutricionais e toda a versatilidade de consumo do brócolis", pondera.

Na última década, o consumo de brócolis já teve um crescimento significativo, mas que deve aumentar ainda mais ao longo dos próximos anos. Para o diretor de Marketing da Sakata, Paulo Koch, dentre os principais motivos desta projeção estão suas diversas propriedades nutracêuticas, que auxiliam na prevenção de diversos tipos de câncer, dentre outras doenças, além do sabor agradável e da versatilidade de consumo. "A excelente aceitação da hortaliça pode ser percebida no aumento de sua oferta em supermercados – tanto in natura, quanto congelado ou minimamente processado –, e nos cardápios de restaurantes de modo geral. Trata-se de um alimento que atende as necessidades do estilo de vida moderno, que alia praticidade no consumo, sabor e saúde", salienta.

Programação



A 5ª Broccoli Consumption Conference contará com um ciclo de palestras curtas e dinâmicas, das 9h às 18h, que apresentarão dados e tendências de mercado, perspectivas e desafios da comercialização, iniciativas e projetos de estímulo ao consumo, últimas pesquisas que comprovam a ação anticâncer da hortaliça, principais projetos de incentivo ao consumo, qualidades nutricionais e formas de preparo, com uma cozinha show no palco do evento.

O encerramento será marcado por uma experiência inédita e inovadora para os participantes: um jantar com um menu completo tendo o brócolis como protagonista – da entrada à sobremesa.

Para mais informações entre em contato pelos telefones: (19) 3304-6622 | 9 7410-1620 | 3304-4833 | 9 8291-9444 ou pelo e-mail: eventos@mypress.com.br


INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA
MyPress & Co.
imprensa@mypress.com.br
(19) 3304-4833 | (19) 3304-6622

Jornalistas Responsáveis:
Isabella Monteiro
isabella@mypress.com.br
(19) 9 7410-1620

Daniela Mattiaso
daniela@mypress.com.br
(19) 9 8291-9444
Copyright © 2017 MyPress & Co., All rights reserved.
Informativo para a Imprensa


PGR manda Gleisi Hoffmann devolver R$ 2 Milhões e pede a perda do mandato de senadora

DIÁRIO DO PODER: Senadora Gleisi Hoffmann (PR), poderá chegar à campanha de 2018 atrás das grades




Além do ex-presidente Lula, caso a instância superior confirme a sentença do juiz federal Sérgio Moro, também a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), poderá chegar à campanha de 2018 atrás das grades. Ela é ré em ação em que é acusada de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O processo contra Gleisi pode ser julgado ainda este ano pelo Supremo Tribunal Federal (STF).


O STF foi unânime ao aceitar denúncia por corrupção. Gleisi recebeu R$1 milhão da roubalheira à Petrobras para sua campanha, em 2010.


Se Gleisi Hoffmann for condenada, o STF deve também cassar e declarar vago o seu mandato, e manda-la para a prisão.


quinta-feira, julho 20, 2017

Novo bloqueio da Justiça atinge R$ 9 milhões do ex-presidente Lula





CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - Um novo bloqueio da Justiça nesta quinta-feira (20) sequestrou R$ 9 milhões em planos de aposentadoria privada do ex-presidente Lula, após determinação do juiz Sergio Moro.

A decisão atende a um pedido do Ministério Público Federal, que pediu o sequestro dos bens do ex-presidente para a recuperação do produto do crime de corrupção no caso do tríplex do Guarujá (SP), pelo qual o petista foi condenado na semana passada.

Até quarta, R$ 606 mil em contas bancárias de Lula, além de quatro imóveis e dois carros, haviam sido bloqueados pela Justiça.

Nesta quinta, a BrasilPrev informou que bloqueou o saldo de duas aplicações em previdência privada, contratadas pelo ex-presidente em 2014. Lula fez um aporte único nas contas, na época.

O saldo total das aplicações é de R$ 9,039 milhões -próximo ao bloqueio total ordenado por Moro, de R$ 10 milhões.

TRÂMITE

A decisão não significa a perda imediata dos bens e valores em nome do ex-presidente.

Os carros e imóveis só serão leiloados quando a sentença transitar em julgado, caso confirmada a condenação, e o dinheiro, transferido à União e à vítima -nesse caso, a Petrobras.

Já os valores em contas bancárias e aplicações financeiras foram bloqueados e serão transferidos a uma conta judicial quando assim determinado, para depois serem repassados à estatal, também apenas em caso de condenação definitiva.

Se o ex-presidente for absolvido nas próximas instâncias, os bens serão liberados e os valores, devolvidos a ele.

OUTRO LADO

Os advogados de Lula, Cristiano Zanin Martins e Valeska Martins, não se manifestaram sobre o bloqueio desta quinta (20).

Em nota na quarta (19), eles afirmaram que a decisão de bloqueio é "ilegal e abusiva", e irão impugná-la.

De acordo com a defesa, a medida só seria justificável se houvesse venda ou transferência recente de bens pelo ex-presidente, caracterizando a dilapidação do patrimônio -o que, segundo eles, não ocorreu.

O bloqueio, na opinião dos defensores, foi uma "arbitrariedade" e baseado em "mera cogitação", prejudicando a subsistência de Lula e de sua família.

O PT também se manifestou em favor de Lula e acusou Moro de impor "uma pena de asfixia econômica" e uma "retaliação" ao ex-presidente.

"O patrimônio e os bens de Lula são aqueles atingidos pelo bloqueio, compatíveis com o de uma pessoa de 71 anos que trabalha honestamente desde criança", informou a nota oficial do partido.

A defesa do petista ainda reclama que não teve acesso ao pedido, feito ainda em outubro do ano passado e mantido em sigilo até agora.

Os advogados também destacam que o juiz calculou o valor do bloqueio de acordo com contratos da Petrobras -embora, em decisão desta terça (18), Moro tenha dito que os valores indevidos não precisavam ter origem "especificamente nos contratos" da estatal.

Fonte: Folhapress

LIVRES PSL dá conselhos à Gleisi Hoffmann





por Ronaldo Nóbrega

O site Coluna Política publica a seguir carta aberta à senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), divulgada(18/7) na fanpage do LIVRES PSL - no Facebook.

A carta, assinada pela Equipe LIVRES PSL, sentiu-se a vontade para aconselhar Gleisi. Disse, por exemplo, que o sistema político brasileiro está em colapso e o país precisa que as presidências dos partidos, especialmente os grandes (como o PT), tenham responsabilidade de conduzir processos de autocrítica e reestruturação que apontem para o futuro. 

A Equipe LIVRES PSL registra ainda: "Antes de propormos a renovação do PSL, o LIVRES admitiu que ao longo dos anos o partido acabou se tornando parte do problema brasileiro. Esse gesto é fundamental. Só a partir da humildade de reconhecer os próprios erros é que se constrói algo novo. É triste que, com essa postura, a senhora represente a continuidade de um projeto que já deu errado, e continuará pelo mesmo caminho. Precisamos mudar. Precisamos ser LIVRES das amarras do passado."

Confira:

"Prezada Senadora Gleisi Hoffman,

Foi com espanto que recebemos, através da imprensa, o discurso que Vossa Excelência pronunciou, ontem, no Foro de São Paulo (https://goo.gl/9Ffp8n). O sistema político brasileiro está em colapso e o país precisa que as presidências dos partidos, especialmente os grandes (como o PT), tenham responsabilidade de conduzir processos de autocrítica e reestruturação que apontem para o futuro. Infelizmente o seu discurso mostrou um aprisionamento ao passado. Precisamos reconhecer, é verdade, que não ficamos exatamente surpresos. Pensando bem, parece que vossa excelência acabou agarrando-se à tradição de seu próprio partido.

A começar pela escolha dos ídolos. Che Guevara, Senadora? A senhora sabia que ele mandou executar centenas de pessoas, incluindo homens, mulheres e até crianças, por motivos banais? O cubano Jose Vilasuso, que na época era promotor dos julgamentos, estima que Che tenha sido responsável por mais de 400 sentenças de morte apenas nos primeiros meses em que comandava a prisão de La Cabaña. O padre Iaki de Aspiazu, responsável por ouvir as confissões e fazer a extrema unção dos condenados, confirma que Guevara ordenou pessoalmente 700 execuções por fuzilamento durante esse período. Já o jornalista cubano Luis Ortega, que conheceu Che ainda em 1954, escreveu em seu livro “Yo Soy El Che!” que o número real de pessoas enviadas ao ‘paredón’ por Guevara é de 1.892. Tudo bem para a senhora? Não se importa que ele tenha perseguido homossexuais e negros (https://goo.gl/HsKrCQ), e que nunca tenha demonstrado arrependimento pelos fuzilamentos? Achou bonita a frase de ódio na 19ª Assembléia Geral da ONU de 1964, "Fuzilamos e seguiremos fuzilando"?

Não bastasse isso, a senhora ainda resolveu defender o regime de Nicolás Maduro, uma ditadura que tem trazido tanto sofrimento aos venezuelanos, com o disparate de tentar colocar na oposição a culpa por tudo o que tem acontecido de errado no país vizinho. É por culpa da oposição que três quartos da população da Venezuela já emagreceu quase 9 quilos, em média, em dieta forçada pela falta de alimentos? É por culpa da oposição que a desnutrição infantil está crescendo no país, e que faltam produtos básicos, como papel higiênico? É por culpa da oposição que a inflação já chega a 1.600% ao ano? Não, Senadora. Na verdade, o regime Maduro tem por hábito atropelar seus opositores. Além de ter retirado poderes do parlamento, o governo Maduro mantém encarcerados pelo menos 114 prisioneiros políticos, segundo informações da Fórum Penal, uma organização de direitos humanos que monitora prisões políticas no país. Mais do que isso: segundo a mesma ong, o governo deteve 6.893 pessoas e prendeu 433 por motivos políticos desde que Maduro assumiu o poder, em 2013. Símbolo dessa situação, Leopoldo Lopez ficou quase quatro anos em prisão militar (e agora permanece em prisão domiciliar) apenas por se opor ao regime. É a esse governo que a senhora manifesta seu "apoio e solidariedade”? Esse é o tipo de referência internacional que o partido presidido por Vossa Excelência pretende usar para o Brasil? Lamentável.

E o que dizer da comemoração pelo centenário da Revolução Russa, que causou mais de 5 milhões de mortes?

Quando chegou à situação brasileira, a Senadora empreendeu uma grande ofensiva contra a Lava Jato. Confessamos que essa foi a passagem mais previsível... Afinal de contas, a senhora e seu marido são réus na operação, acusados de receberem R$ 1 milhão em propina desviada de contratos da Petrobras. Aliás... santo Foro Privilegiado, não é mesmo? Graças a ele, o processo está há quase um ano parado no STF.

Não é esse tipo de postura que se espera de uma senadora, à frente de um partido como o PT. No lugar de reprodução de discursos de ódio, o que o Brasil precisava é que a senhora conduzisse o seu partido a uma autocrítica renovadora. Como a gente tem feito, aliás.

Antes de propormos a renovação do PSL, o LIVRES admitiu que ao longo dos anos o partido acabou se tornando parte do problema brasileiro. Esse gesto é fundamental. Só a partir da humildade de reconhecer os próprios erros é que se constrói algo novo. É triste que, com essa postura, a senhora represente a continuidade de um projeto que já deu errado, e continuará pelo mesmo caminho. Precisamos mudar. Precisamos ser LIVRES das amarras do passado.

Atenciosamente,

Equipe LIVRES


Fontes: Spotniks (https://goo.gl/ye2pSu); The Economist (https://goo.gl/PYP79u); UOL (https://goo.gl/tExPKv)

Jornal Livre: Colunista do Estadão cita 16 idiotices ditas por Gleisi Hoffmann e quebra o PT ao meio



O colunista José Fucs, do Estadão, enumerou 16 idiotices ditas pela atual presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann. Veja como o texto começou:
“Gleisi se mostrou uma caricatura bem acabada da estirpe de ‘revolucionários’ tão bem retratada pelo escritor Carlos Alberto Montaner no livro Manual do Perfeito Idiota Latino-Americano. Na reunião do Foro de São Paulo, realizada nesta semana na Nicarágua, a ‘Narizinho’, como ela é chamada nas redes sociais, por causa de uma cirurgia plástica que fez para afinar e arrebitar o nariz, defendeu Cuba, o ditador Nicolás Maduro e o guerrilheiro Che Guevara, numa só tacada. De quebra, ainda declarou que, com Lula candidato, o PT, responsável pela maior recessão de que se tem notícia na história do Brasil, tem ‘possibilidade enorme’ de voltar ao poder”.



Agora, vamos ao que interessa:
Idiotice 1:
“Não pensem que uma sentença de um juiz de primeiro grau vai inviabilizar o processo democrático, deixando Lula de fora das eleições. Nós temos que dizer em alto e bom som que uma eleição presidencial sem Lula não é eleição, é uma fraude à democracia brasileira.”
Idiotice 2:
“Para defender nosso partido, mas, principalmente, para defender o presidente Lula, não vamos descansar nem um minuto”
Idiotice 3:
“Vamos fazer denúncia internacional, mobilização, não vamos reconhecer (a condenação de Lula). Não há nenhuma prova que incrimine o ex-presidente Lula. A decisão do juiz Sérgio Moro é uma decisão política.”
Idiotice 4:
“Estamos frente à judicialização da política em todo o continente. No Brasil a intenção é destruir o PT e impedir que o maior líder popular brasileiro, Lula, seja nosso candidato nas eleições presidenciais de 2018, pois sabem que a possibilidade de sua vitória é enorme”
Idiotice 5:
“(A condenação de Lula) é uma decisão sem provas, para o juiz Sérgio Moro prestar contas à opinião pública. As únicas provas que tem são as provas de inocência do presidente Lula”
Idiotice 6:
“Se Temer cair, desde já é ‘Fora Maia’. Trocar um golpista por outro não tem diferença alguma”
Idiotice 7:
“[Maia] é tão ruim quanto Michel Temer. É trocar seis por meia dúzia para o Brasil. É irrelevante para nós”
Idiotice 8:
“Mais do que nunca, necessitamos de um governo de esquerda de volta ao nosso País, para retomar o desenvolvimento nacional, a política externa altiva e ativa e reverter as consequências do ajuste neoliberal imposto pela quadrilha golpista que se instalou no nosso governo”
Idiotice 9:
“Os senhores rasgaram a constituição, tiraram a Dilma (…), apoiaram esse governo de quinta categoria e agora estão acabando com os direitos dos trabalhadores”
Idiotice 10:
“Os senhores estão rasgando a CLT, uma legislação de mais de 40 anos, achando que isso é bonito e é moderno”
Idiotice 11:
“O braço para a aplicação do golpe foi a grande mídia, a concentração, o monopólio econômico da imprensa. A estrutura de telecomunicações do Brasil vem do tempo da ditadura”
Idiotice 12:
“Nós precisamos nos unir para defender aqueles veículos de comunicação que são importantes para a nossa sociedade, que fazem o contraponto, que garantem a nossa democracia. Façam a assinatura da Carta Capital para ajudar a democracia do País e a diversidade de opinião”
Idiotice 13:
“O PT manifesta seu apoio e solidariedade ao governo do PSUV, a seus aliados e ao presidente Nicolás Maduro frente à violenta ofensiva da direita contra o governo da Venezuela e condenamos o recente ataque terrorista contra a Corte Suprema. Temos a expectativa de que a Assembleia Constituinte possa contribuir para uma consolidação cada vez maior da revolução bolivariana e que as divergências políticas se resolvam de forma pacífica”
Idiotice 14:
“Comemoramos o cinquentenário da queda em combate e o assassinato posterior do guerrilheiro heroico, o comandante Ernesto Che Guevara, para que tenhamos sempre presente a necessidade da transformação social de nossos países”
Idiotice 15:
“Aproveitamos para manifestar nosso irrestrito apoio e solidariedade aos companheiros do Partido Comunista Cubano e ao povo de Cuba diante do retrocesso imposto pela nova administração do governo estadunidense em relação aos acordos alcançados com a administração Obama e à manutenção do criminoso bloqueio econômico”, discursou.
Idiotice 16:
“Apesar do revés eleitoral que sofremos na Argentina e o golpe parlamentar no Brasil, os principais partidos membros do Foro de São Paulo estão retomando a ofensiva política diante dos atuais governantes da direita nos dois países com a perspectiva de voltar a governá-los no curto prazo”.


+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog