A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quinta-feira, maio 03, 2018

Café especial: Brasil se consolida como fornecedor de qualidade no mercado dos EUA


Café especial: Brasil se consolida como fornecedor de qualidade no mercado dos EUA

Ação coordenada pela BSCA na principal feira de cafés especiais do mundo deve gerar mais de US$ 303 milhões em negócios ao País


Cada vez mais aceito e conhecido pela população mundial, o segmento de cafés especiais experimenta crescimentos constantes e significativos ao longo dos anos. O Brasil desempenha seu papel como um dos principais players desse nicho, sendo impulsionado pelos trabalhos do projeto setorial "Brazil. The Coffee Nation", desenvolvido em parceria pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

O resultado mais recente do desempenho nacional ocorreu na principal feira de cafés especiais do mundo, a Global Specialty Coffee Expo, realizada de 20 a 24 de abril pela Specialty Coffee Association (SCA), em Seattle, nos Estados Unidos. A delegação brasileira contou com a participação de 35 empresas e concretizou US$ 32,405 milhões em negócios durante o evento. Nos próximos 12 meses, os empresários estimam fechar US$ 270,835 milhões após os mais de 800 contatos realizados, elevando o total gerado para US$ 303,240 milhões.

Como comparação, a participação de também 35 empresas brasileiras na Global Specailty Coffee Expo em 2017 rendeu um total de US$ 77,356 milhões (US$ 10,576 milhões presenciais e US$ 66,780 milhões nos 12 meses seguintes), o que implica significativo crescimento de 392% na projeção para os negócios a serem concretizados em função da presença do Brasil na feira em 2018.

Os Estados Unidos são os maiores importadores e consumidores de café no mundo, além de principal destino das exportações brasileiras do produto. Em linha com a dimensão desse mercado, a Global Specialty Coffee Expo se consolida, há anos, como o principal evento internacional de cafés especiais e reúne todos os segmentos ligados a esse setor, desde origens produtoras aos baristas, que são responsáveis pela conexão direta com o cliente final.

"Pela importância dos Estados Unidos no universo cafeeiro e pela quantidade de profissionais e clientes que a feira envolve, nossa participação é fundamental e estratégica para reafirmar o Brasil como fornecedor de qualidade e para monitorarmos a evolução do segmento e dos diferentes temas relacionados ao mercado do café", destaca a diretora da BSCA, Vanusia Nogueira.

BRAZIL. THE COFFEE NATION
O projeto setorial "Brazil. The Coffee Nation" é desenvolvido em parceria por BSCA e Apex-Brasil e tem como foco a promoção comercial dos cafés especiais brasileiros no mercado externo. O objetivo é reforçar a imagem dos produtos nacionais em todo o mundo e posicionar o Brasil como fornecedor de alta qualidade, com utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas no País. O projeto visa, ainda, a expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção nacional de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros.

Iniciado em 2008, a vigência do atual projeto se dá entre maio de 2016 a este mês de 2018, tendo como mercados-alvo: (i) EUA, Canadá, Japão, Coreia do Sul, China/Taiwan, Reino Unido, Alemanha e Austrália para os cafés crus especiais; e (ii) EUA, China, Alemanha e Emirados Árabes Unidos para os produtos da indústria de torrefação e moagem. As empresas que ainda não fazem parte do projeto podem obter mais informações diretamente com a BSCA, através dos telefones (35) 3212-4705 / (35) 3212-6302 ou do e-mail exec@bsca.com.br.

Mais informações para a imprensa
BSCA – Assessoria de Comunicação
Paulo André C. Kawasaki
(61) 98114-6632 / ascom@bsca.com.br
BSCA - Brazil Specialty Coffee Association
Telefones: (35) 3212-4705 / 3212-6302
E-mail: ascom@bsca.com.br


Arquivo do blog