A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, novembro 28, 2018

Curso de ILP e ILPF começa nesta quarta-feira, dia 28, na Embrapa de Campo Grande, MS




Estão abertas as inscrições para o curso de Integração-Lavoura-Pecuária (ILP) e Integração-Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) que começa nesta quarta-feira dia 28, na sede da Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande, MS. Serão três dias de curso e as inscrições de preferencia devem ser feitas pelo site da Embrapa no endereço:   https://cloud.cnpgc.embrapa.br/ilpf2018/inscricao/ Serão aceitas inscrições no dia do curso.

O curso é voltado para profissionais das ciências agrárias de empresas públicas e privadas de assistência técnica e extensão rural, estudantes de pós-graduação e de graduação (somente formandos) das ciências agrárias. O valor da inscrição é de 150 reais para profissionais e 100 reais para estudantes.

Neste sétimo curso que a Embrapa realiza serão apresentados projetos e resultados sobre esses dois sistemas integrados, técnicas de manejo e gestão, vantagens, conceito e apresentação da experiência de dois produtores de Mato Grosso do Sul, sendo um com ILP e o outro com ILPF. Serão dois dias de palestras e um dia de campo onde os participantes irão conhecer os dois sistemas, ocasião em que poderão questionar e tirar dúvidas com os pesquisadores.

A finalidade do curso é repassar informações básicas dos dois sistemas de integração, falar sobre a escolha de capins, grãos e árvores e de estratégias de avaliação. O curso será ministrado por experientes pesquisadores da Embrapa da área de pastagens e economia, além de trazer a experiência de produtores.

Sistemas Integrados promovem melhorias na capacidade produtiva 

Hoje o Brasil possui 12 milhões de hectares de integração, informa o pesquisador Rodiney Mauro, coordenador do curso que acrescenta: "O atingimento dessa área foi compromisso assumido pelo Brasil em que a Embrapa colaborou muito, e o objetivo é ampliar mais ainda, por isso realizamos esse curso".  

Intensificar o uso da terra unindo a produção de grãos, carne e madeira já faz parte das transformações que a produção agropecuária vem exigindo do setor produtivo. Para o pesquisador Rodiney, aumentar a produtividade, qualidade dos produtos, rentabilidade sem comprometer o ambiente é o agora e o futuro, sem volta. "Um dos caminhos é a integração que incorpora atividades de produção agrícola, pecuária e florestal".

São várias as vantagens que o sistema oferece como, por exemplo, a da recuperação de áreas degradadas, com a implantação de pastagens, bem como do solo por meio do plantio de grãos como milho, feijão e árvores. Neste processo ocorre também a recuperação de nascentes ajudando a conservar a água nas propriedades.

Segundo Rodiney, quem adota a ILP ou ILPF também pode obter benefícios econômicos como o aumento da produtividade anual da pecuária de corte, leite e de produtos extraídos dos componentes florestais; aumento de renda devido à diversidade das atividades e até a redução de riscos de mercado, de custos a médio e longo prazos e consequentemente a melhoria de vida do produtor. "Além desses benefícios há também os sociais que podemos considerar como a geração de empregos diretos e indiretos, a contribuição na renda do país e melhoria na distribuição de renda", acrescenta.

O curso terá início às 8 horas e será realizado na sede da Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande, MS, no endereço: Avenida Rádio Maia, 830 – Vila Popular, no auditório Nelore. Para saber detalhes da programação acesse:
Informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone: (67) 3368-2141, com Marilene Veiga.


--
--
Eliana Cezar, jornalista (DRT/15410/SP)
Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO)
Embrapa Gado de Corte
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
Campo Grande/MS

eliana.cezar@embrapa.br
Telefone: +55 67 3368-2142 / + 55 67 3368-2150
www.embrapa.br | twitter.com/embrapa | twitter.com/GadodeCorte
www.facebook.com/agrosustentavel | www.facebook.com/gadodecorte

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog