A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

segunda-feira, outubro 04, 2004

Evento da Datagro reúne boas perspectivas para o mercado sucroalcooleiro

Uma das mais importantes consultorias do setor sucroalcooleiro no País, a Datagro, prepara-se para a mais uma edição do maior evento já realizado no mercado nacional. A IV Conferência Internacional Datagro sobre Açúcar e Álcool está programada para o dia 19 de outubro, no Grand Hotel Hyatt, em São Paulo.
No dia 29 de setembro, Plínio Nastari, o diretor da Datagro, afirmou, em coletiva de imprensa, que os produtores de cana-de-açúcar têm boas perspectivas para a safra 2004/2005. Segundo estimativas da Datagro, o Brasil deverá produzir 389 milhões de toneladas em 2005, ou seja, 7,8% a mais do que na anterior, de 358 milhões em 2004. “Isso significa 27,4 milhões de toneladas de açúcar e 15,4 bilhões de litros de álcool em 2005, a maior produção na história do País”, afirma Nastari. “Vale lembrar que o recorde do ano de 1997, de 15,3 bilhões de litros, ocorreu num cenário onde os preços eram controlados”.
Segundo o consultor, o aumento garantirá o abastecimento do mercado interno, principalmente a exportação, já que são esperados volumes de embarques recordistas, na ordem de 2,5 bilhões de litros, mais que o dobro deste ano, de 1,1 bilhão de litros. “A produção do Nordeste cresceu 33% nos últimos dois anos e a nacional aumentou cerca de 13,2%, nos últimos quatro”, afirma Nastari. Para segurar os preços domésticos e evitar possíveis especulações, os estoques nacionais terão um aumento de 300 milhões para 700 milhões de litros.

O evento
De acordo com Nastari, a proposta da Conferência tem sido bem acolhida pela indústria. Um dos destaques do encontro é o tema "Flex Fuels e Multi fuels: até onde pode ir o crescimento nas vendas?". A boa receptividade do consumidor ao carro flex fuel – que pode ser abastecido com álcool e/ou gasolina – é um dos fatores que animam o setor. Exportação, competitividade, OMC e Nybot são mais alguns dos temas abordados.


Marily Miranda - ProCultura

Nenhum comentário:

Arquivo do blog