A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, março 12, 2014

POLÍBIO BRAGA: Rebelião no PMDB é para valer. Dilma irá fragilizada ("uma presidente fraca") para as eleições de outubro

Direto do Blog do Jornalista Políbio Braga


O deputado Alceu Moreira, PMDB do RS, disse esta tarde ao editor que é para valer  a rebelião conduzida pelo líder Eduardo Cunha na Câmara dos Deputados.

. Eduardo Cunha, Rio, está calçado na posição do governador Sérgio Cabral e do PMDB do Rio, que é confrontado de modo duríssimo pelo PT do senador Lindenbergh Farias.

. Ele quer ser presidente da Câmara no ano que vem, inclusive com o apoio do chamado "baixo clero" e da oposição, o que significa que sua posição atual é a mais confortável para sua candidatura.

. Alceu Moreira acha que o governo Dilma Roussef e o PT foram longe demais no enfrentamento com Eduardo Cunha, apostando todas as fichas em Michel Temer, José Sarney, Romero Jucá, Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiro, que já não garantem mais a fidelidade do PMDB. Ela e o PT perderam as chances de interlocução com os deputados da base. Caso isto vá adiante e resulte em novas derrotas para o governo, Dilma irá debilitadíssima para as eleições de outubro, porque aparecerá como uma presidente fraca, sem maioria no Congresso.

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog