A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

quinta-feira, março 13, 2014

ESCÂNDALO: Sob indicação de Blairo e de Cuba, Neri Geller assume Ministério Agricultura

Presidente Dilma já dará posse nesta sexta ao ex-vereador por Lucas do Rio Verde; último de MT a se tornar ministro foi Dante

O ex-vereador por Lucas do Rio Verde, no médio-norte mato-grossense, ex-deputado federal por 4 meses e secretário nacional de Política Agrícola, produtor Neri Geller, será o novo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Este Blog apurou com exclusividade que a definição oficial da presidente Dilma Rousseff saiu nesta quarta à noite, em reunião no Palácio do Planalto, com participação de líderes partidários, entre eles do senador Blairo Maggi (PR), que endossou a indicação de Neri, apesar deste pertencer aos quadros do PMDB. A posse já acontece na sexta. Dilma anunciará outras mudanças na equipe. O último mato-grossense a ocupar posto de ministro foi Dante de Oliveira (já falecido), nos anos 1980, quando esteve à frente da pasta da Reforma e do Desenvolvimento Agrário no Governo José Sarney.

Agora, alguns membros do primeiro escalão estão se desincompatibilizando para concorrer às eleições, como é o caso do deputado federal licenciado Antônio Andrade, do PMDB, que deixa a Agricultura para disputar o pleito em Minas Gerais.


neri gellerNeri Geller, com respaldo de Blairo e de setores do agronegócio, se torna ministro do Governo Dilma; o último indicado mato-grossense para ocupar posto de ministro foi Dante de Oliveira, nos anos 80

Blairo foi fundamental no trabalho de convencimento do Planalto para "emplacar" Neri, que desde o ano passado passou a ser o número 2 do Ministério graças ao próprio senador republicano. Neri se torna ministro com a força do ex-governador e também da bancada ruralista. Como é da legenda peemedebista, a nomeação servirá também como estratégia da presidente para manter espaço ao partido aliado e amenizar a tentativa de "rebelião" de alguns parlamentares do PMDB.

Neri é gaúcho de Selbach, mas mora em Lucas do Rio Verde há vários anos. Está com 45 anos completados no último 7 de novembro. Em 2006, foi candidato a deputado federal pelo PSDB e ficou na suplência. Depois, ocupou cadeira na Câmara por 4 meses com licenciamento da então parlamentar Thelma de Oliveira. Migrou para o PP e no ano passado pulou para o PMDB. Bem articulado, o indicado mato-grossense no governo Dilma foi conquistando espaço gradativamente na administração petista e se aproximou mais do Planalto após preparar uma boa recepção junto aos segmentos do agronegócio à presidente petista, no mês passado, em Lucas do Rio Verde, quando do lançamento do plantio da safra2013/2014.

Arquivo do blog