A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, outubro 27, 2014

ORLANDO TAMBOSI: No país dividido, Dilma não cumprimenta Aécio. Mas ele cumprimenta Dilma e agradece aos brasileiros.



O líder oposicionista Aécio Neves agradeceu o gigantesco apoio obtido nas urnas. Teve com Dilma o gesto de generosidade que a bolivariana é incapaz de fazer: ela não mencionou seu adversário, que representa metade do país, em seu pífio discurso. O que sabe Youssef lhe está reservado, Dilma:

Meu boa noite a todos. E a minha primeira palavra é de profundo agradecimento a todos os brasileiros que participaram dessa festa da democracia.

Agradecimento especial aos mais de 50 milhões de brasileiros que apontaram o caminho da mudanças. Eu serei eternamente grato a cada um, a cada uma de vocês, que me permitiram voltar a sonhar e acreditar na construção de um novo projeto. As cenas que eu vivi ao longo desses últimos meses jamais sairão da minha mente e do meu coração.

Cumprimentei agora pouco, por telefone, a presidente reeleita e desejei a ela sucesso na condução do seu próximo governo. E ressaltei: considero que a maior de todas as prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projeto honrado e que dignifique a todos os brasileiros.

Uma palavra de agradecimento especial a cada companheiro, representado pelos tantos que estão aqui, e faço na figura do senador Aloysio Nunes, bravo companheiro de caminhada nessa jornada. Homem público exemplar com que tive o privilégio de compartilhar novas expectativas em relação ao Brasil.

Por tanto, mais vivo do que nunca, mais sonhador do que nunca, eu deixo essa campanha, ao final, com sentimento de que cumprimos o nosso papel. E repito para encerrar, mais uma vez [o apóstolo] São Paulo, que é o que retrata para mim de forma mais clara o sentimento que tenho hoje, na minha alma e no meu coração: 'Combati o bom combate, cumpri a minha missão e guardei a fé'. Muito obrigado a todos os brasileiros.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog