A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, outubro 27, 2014

BLOG DO CORONEL: Nao fuja de 2018, Aécio Neves.

'Combati o bom combate, cumpri a minha missão e guardei a fé'. - Aécio Neves, no discurso de encerramento da campanha, citando o apóstolo São Paulo.


A radiografia das urnas já foi feita e todos sabemos o conjunto de fatores que derrubou a esperança de um novo Brasil, nos condenando a quatro anos de aparelhamento do estado, corrupção e crescimento econômico pífio. Vamos torrar todas as nossas reservas para sustentar os pobres cada vez mais pobres e para financiar com subsídios baratos empresas cada vez mais sucateadas. Vamos seguir mascarando o desemprego e criando fantasiosos programas para maquiar nossos indicadores educacionais ( e não duvidem de um Pronatec 24 horas). Vamos assistir, novamente, o governo usar os nossos impostos para comprar a sua base de apoio no Congresso a um preço cada vez mais alto, pois agora há que se abafar o escândalo da Petrobras. Não se iludam. O doleiro morreu sim, morreu ontem, quando as urnas foram abertas já com Dilma reeleita. A partir de agora será apenas um fantasma escondido dentro das gavetas do Congresso e do Supremo Tribunal Federal.


O mais importante e o que ainda não foi dito é que depois de muitos anos o eleitor de oposição encontrou um candidato que o representasse: Aécio Neves. E há fatos incontestáveis na sua performance. Começamos pelo day after. Basta andar pelas redes sociais para ver que o eleitor quer a continuidade de uma oposição corajosa como a feita por Aécio Neves durante a campanha, onde foi um leão e um verdadeiro herói lutando contra a mais suja e mentirosa cruzada contra a sua pessoa, a sua família e a sua biografia. O eleitor passou este dia de hoje dizendo em alto bom som: queremos o Aécio candidato para 2018, mas aquele corajoso no lugar do conciliador, aquele de peito aberto e não o de bastidor, aquele com o dedo em riste e não o do aperto de mão. Não, caro Aécio, a palavra não é união. A palavra é oposição. E ela está sem suas mãos.


Ontem, antes mesmo da posse de Dilma para mais quatro anos, o PT lançou Lula para 2018. Ele já aceitou. Já está em campanha. Precisamos ouvir de Aécio Neves que ele é candidato para 2018, urgentemente. Imediatamente. Ele é o dono dos nossos sonhos e anseios. O PSDB precisa se organizar como partido lá na base. Alguém precisa correr o país para criar novas lideranças. Esse alguém é Aécio Neves. Há um imenso trabalho de organização dos sonhos do eleitor brasileiro e o maior deles deles é provar a 51 milhões de brasileiros que a Oposição das urnas também existe no Congresso Nacional e na relação diária com a sociedade. Nós não queremos união e diálogo. Nós queremos que os vencedores cumpram a suas promessas e que a Oposição fiscalize com rigor. Não temos obrigação alguma de garantir governabilidade para um governo corrupto. Não podemos ser os fiadores do desrespeito à democracia e da roubalheira aos cofres públicos. Precisamos de um líder e o nome dele é Aécio Neves. Não fuja de 2018, candidato. A bandeira está em suas mãos. Nós também guardamos a fé em você, candidato. Nos também lutamos o bom combate.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog