A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

quinta-feira, outubro 09, 2014

Panorama do setor lácteo e cenário mundial abrem o Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite


leite 2014 


Panorama do setor lácteo brasileiro e as influências do cenário mundial abrem o Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite em Chapecó

O Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite debate sistemas de produção  de 13 a 15 de outubro no Centro de Cultura e Eventos  Plínio Arlindo De Nes

Santa Catarina é atualmente uma das maiores e mais dinâmicas bacias leiteiras do Brasil. Reflexo da consolidação do setor, o Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite reúne especialistas de todo país para discutir os desafios e apresentar as novidades aos profissionais, entre os dias 13 a 15 de outubro em Chapecó, SC, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes. As inscrições  podem ser feitas no site www.nucleovet.com.brO valor da inscrição antecipada  é de  R$130 para profissionais e R$80,00 para estudantes, no dia as inscrições passam para R$160,00 para profissionais e R$100,00 para estudantes.
O conferencista Rodrigo Sant'Anna Alvim faz a abertura oficial com a palestra "Panorama do Setor Lácteo Brasileiro e as influências do Cenário Mundial". Alvim preside a Confederação Nacional da Agricultura e da Pecuária (CNA), programa para fortalecer a pecuária de leite no país, e a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados, no âmbito do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
O Painel sobre Sistemas Produção dá a largada na programação científica do evento, no dia 13, com as palestras de Davi Teixeira dos Santos, PhD em Produção Integrada de Sistemas Agropecuários, Henrique Ribeiro Filho, zootecnista e professor da UDESC de Lages, e Henrique Costales, agrônomo e gerente de negócios de leite de cooperativas gaúchas.

No segundo dia de evento, os temas em debates são: Modelo Neozelandês versus Brasileiro, Qualidade do Leite, Aspectos Nutricionais Relacionados à Qualidade do Leite, Impactos da fase de criação das bezerras no curto, médio e longo prazo, Compost Barn e Posicionamento e Resultados de Campo de Forrageiras nas Regiões Oeste e Planalto Norte Catarinense.


As palestras sobre Nanotecnologia, Aspectos Nutricionais Relacionados para a Reprodução e Gerenciamento da propriedade encerram a programação no dia 15 de outubro.

Conforme o presidente do Nucleovet e médico veterinário Rogério Balestrin, Santa Catarina vem se consolidando na produção leiteira, ao lado das regiões noroeste do Rio Grande do Sul e sudoeste do Paraná.
"Apesar de ocupar somente 1,2% do território brasileiro, Santa Catarina é, atualmente, o quinto produtor nacional. Percentualmente, é a produção leiteira que mais cresce no Brasil. Estamos próximos de atingir a marca dos 3 bilhões de litros produzidos por ano".



Qualificação aos profissionais da cadeia leiteira


O evento é realizado pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas na região responsável por 70% da produção estadual. Para oferecer capacitação continuada aos técnicos da região sul do País, a 5ª edição do simpósio traz discussões focadas em produtividade, do produtor a agroindústria.

"Há uma demanda crescente por mão de obra qualificada. É fundamental a reciclagem e atualização técnica nas áreas de sanidade, manejo, genética e, particularmente, nos aspectos do bem estar dos animais", reforça Balestrin.
O segmento movimenta cerca de R$ 3,8 bilhões/ano no Oeste de SC. Além de gerar uma nova fonte de renda no meio agrícola catarinense, vem atraindo grandes investimentos das agroindústrias e empresas de outras regiões produtoras do Brasil.

Mais informações no site www.nucleovet.com.br ou pelo telefone (49) 33291640 com Solange Kirshner no Nucleovet.


Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog