A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

sexta-feira, setembro 17, 2004

SADIA - Uberlândia receberá R$ 400 milhões em investimentos

Sadia aplicará R$ 185,3 milhões no município, os integrados R$ 180 milhões, além de outros R$ 36 milhões relativos ao aumento de frota para transporte

A Sadia S. A. anunciou nesta sexta-feira, 17, que vai investir R$ 185,3 milhões para ampliar a capacidade em todas as linhas de produção da unidade de Uberlândia. A planta de Minas Gerais é a única que tem as três linhas de animais – frangos, perus e suínos -, além de fábricas de industrializados e de rações. O anúncio foi feito pelo presidente da empresa, Walter Fontana Filho, que visitou a unidade de Uberlândia acompanhado do Governador de Minas Gerais, Aécio Neves. Ao todo, o Estado de Minas Gerais vai receber cerca de R$ 400 milhões em investimentos, já que os integrados aplicarão outros R$ 180 milhões e os transportadores de produtos outros R$ 36 milhões, para atender o aumento da demanda da Sadia.
Os investimentos representarão a criação de aproximadamente 3.400 empregos diretos, num prazo de três anos. A Sadia estima que outros 1.500 sejam criados indiretamente por meio dos parceiros. Atualmente, a unidade de Minas Gerais tem cerca de 5.000 funcionários e gera, por meio dos integrados, outros 1.000 postos de trabalho.
A unidade de Uberlândia passará a ser o maior complexo industrial da empresa no Brasil. Com as ampliações anunciadas, a Sadia estima que a unidade de Uberlândia chegue a um faturamento de R$ 1,55 bilhão. Metade da produção adicional da Sadia será destinada ao mercado interno. O restante será exportado.
Do total de investimentos anunciados, R$ 44 milhões serão destinados ao aumento da capacidade de abate de suínos, de 700 mil para 1,6 milhão de cabeças por ano. Outros R$ 46,4 milhões serão aplicados na duplicação do abate de frangos, que passará da capacidade atual de 42,9 milhões de cabeças/ano para 88 milhões/ano. Na linha de perus, os investimentos são de R$ 35,4 milhões com aumento de 7,3 milhões para 11 milhões de cabeças abatidas por ano. A Sadia vai investir ainda R$ 44,2 milhões na construção de uma nova fábrica de rações, R$ 7,5 milhões na ampliação da produção de industrializados e outros R$ 7,8 milhões em armazenagem de grãos.

Integrados
Os investimentos anunciados nesta sexta-feira pela Sadia provocarão um significativo impacto na economia da região. Pelos cálculos da empresa, com as ampliações previstas, o número total de integrados da unidade de Uberlândia passará de 586 para 1.445. O crescimento mais expressivo será no número de integrados de suínos, hoje em 115. Após a conclusão dos investimentos, deverão ser 603, um crescimento de 424%.
O aumento da demanda da Sadia provocará também um significativo crescimento na receita dos integrados. No caso das granjas integradas de frangos e perus e os transportadores de produtos, estima-se que a receita anual passe dos atuais R$ 31 milhões para R$ 63 milhões.
No caso da fábrica de rações, outro impacto positivo é o aumento na demanda por milho e soja. A capacidade de produção da unidade de Uberlândia passará de 628 mil toneladas para 1,26 milhão de toneladas. O consumo de milho crescerá 112%, das atuais 390 mil toneladas para 823,5 mil toneladas e o de farelo de soja passará de 163 mil toneladas para 317 mil toneladas. Com isso, estima-se que será necessário dobrar a área para cultivo de milho e soja dos atuais 142 mil hectares para pouco mais de 286 mil hectares.


Gerência de Comunicação Institucional – Sadia S.A.
Juliana Caffaro
Tel: 11- 3649.1763/3143

Assessoria de Imprensa
Kristhian Kaminski
Tel: 11- 3147-7909 / 9129-3452

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog