A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

segunda-feira, junho 14, 2004

Encontro sobre gestão ambiental da agricultura orgânica acontece em Ibiúna/SP

A Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP), unidade de pesquisa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, inculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, realiza mais um encontro sobre gestão ambiental da agricultura orgânica, em Ibiuna (SP), em 24 de junho de 2004, no Auditório Municipal Monteiro.
Práticas agrícolas alternativas contribuem para a emergência de atividades alternativas não-agrícolas, em substituição aos tradicionais usos agrícolas da terra, acentuando a importância do desenvolvimento em harmonia com o meio ambiente. Entre elas, destaca-se a agricultura orgânica como fonte de renda para os pequenos produtores familiares, devido à crescente demanda por alimentos mais nutritivos e saudáveis.
Essa atividade desenvolvida em bases sustentáveis pode favorecer a agregação de valor e a inserção diferenciada no mercado. O sistema APOIA-NovoRural, desenvolvido por pesquisadores da Embrapa Meio Ambiente, permite avaliar e documentar estes modelos diferenciados de produção e configuram-se como ferramentas importantes nesse processo evolutivo de um mercado ético e solidário.
O sistema é composto de 62 indicadores quantitativos que integram as dimensões de ecologia da paisagem, qualidade dos compartimentos ambientais, valores socioculturais e econômicos e gestão e administração, proporcionando uma medida objetiva da contribuição da atividade agropecuária para o desenvolvimento local sustentável. O sistema permite a interação entre pesquisadores, produtores/responsáveis e gestores sociais dos municípios, e serve para a omunicação e armazenamento das informações sobre impactos ambientais.
O método foi aplicado em 20 estabelecimentos rurais com atividades de agricultura orgânica em Ibiúna e região. Os participantes irão fornecer e discutir, de forma interativa, os resultados da pesquisa em avaliação de impacto ambiental da agricultura orgânica como instrumento para gestão ambiental e fomento da atividade e propor estratégias de políticas públicas para o desenvolvimento sustentável da agricultura orgânica na região, explica o coordenador do evento, Pedro José Valarini.
Serão apresentadas palestras sobre a avaliação de impacto e gestão ambiental de atividades do Novo Rural, gestão participativa e o desempenho ambiental da agricultura orgânica, contribuição das formas de organização familiar no fortalecimento da agricultura orgânica, experiências alternativas de comercialização de produtos orgânicos, manejo de agroecossistemas e qualidade da água.
Logo após acontece a mesa-redonda Contribuições para o desenvolvimento sustentável da agricultura orgânica em Ibiúna e região e os resultados da aplicação do método APOIA-NovoRural serão apresentados aos produtores. São parceiros nesse evento a Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente de Ibiúna, a Cooperativa Agrícola de Ibiúna São Paulo, a Casa da Agricultura de Ibiúna, a Coordenadora de Assistência Técnica Integral e APTA São Roque.
O encontro tem o apoio do Sindicato dos Trabalhadores e Empregados Rurais e Sindicato Rural Patronal de Ibiúna, SP. Há necessidade de confirmação de presença, antecipada, através do e-mail: sac@cnpma.embrapa.br, ou pelo fone (19) 3867-8711 com Sra. Edislene. As inscrições são gratuitas. As vagas são limitadas a 100 participantes.

Fonte: Embrapa Meio Ambiente

Nenhum comentário:

Arquivo do blog