A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, outubro 08, 2014

RODRIGO CONSTANTINO: Todos unidos contra o PT bolivariano!




O PSB de Marina Silva aprovou apoio oficial a Aécio Neves no segundo turno. A adesão do partido de Marina Silva ao tucano superou os 15 votos necessários na Executiva para a aprovação. Até as 17h30, 17 votaram pelo apoio ao tucano, outros 6 dirigentes votaram pela neutralidade, e 1, pelo apoio a Dilma Rousseff (PT). O vice na chapa de Marina, Beto Albuquerque, já havia dito que a maioria estava com o tucano, e que estava muito claro que o partido não quer Dilma, e sim mudança.

Outro que fechou com o PSDB foi o PV de Eduardo Jorge. ”É claro que nós temos nossas diferenças, mas entendemos que é hora de marcar o nosso interesse pela alternância de poder no Brasil”, afirmou José Luiz Penna, presidente do partido. “O governo do PT é praticamente uma aversão ao equilíbrio ecológico e desenvolvimento ambiental”, disse o candidato do PV, que se destacou nas redes sociais durante os debates eleitorais.

Mais esperado foi o apoio oficial do Pastor Everaldo, que fez “dobradinhas” importantes com Aécio durante os debates, levantando bolas para que o tucano cortasse, além de insistir em bandeiras econômicas liberais, defender a privatização e atacar com firmeza o bolivarianismo petista.

“Ouvi a bancada. A executiva nacional decidiu que Aécio é a melhor opção para o nosso Brasil, a opção de mordenidade para o país, a opção de cuidar dos pobres e mais necessitados deste país, a opção de cuidar do empreendedores deste país”, disse o Pastor Everaldo.

Como fica claro, estão todos se unindo ao candidato que representa mudança, que pretende deixar para trás a era Dilma, combater o bolivarianismo petista. E nada disso se reflete ainda na primeira pesquisa divulgada para o segundo turno, que já coloca Aécio Neves com vantagem de 8 pontos percentuais, com 54% dos votos válidos contra 46% de Dilma.

O PT está em pânico. Os petistas estão desesperados. Temem perder todas as tetas estatais que conquistaram nesses 12 anos à custa do país. Sentem calafrios só com a ideia de que terão de efetivamente trabalhar. Os “jornalistas” a soldo do partido morrem de medo de perder o patrocínio das estatais. Os artistas engajados estremecem ao pensar na possibilidade de redução das boquinhas públicas.

Enfim, todos aqueles que se penduraram no projeto lulopetista de poder estão com receio de perder as mamatas e privilégios. É contra essa turma que Aécio Neves costurou um amplo acordo. Não com troca de cargos, mas com base programática e ideológica. É um projeto contra o bolivarianismo e a favor do Brasil. Podemos esperar uma reação ainda de mais baixo nível agora. O PT está em polvorosa. Os brasileiros estão esperançosos!

PS: Para não dizer que todos se uniram ao tucano, vale notar que a socialista Luciana Genro declarou voto em Dilma e seu PSOL ficou neutro. Mas convenhamos: é o tipo de apoio que quem deseja um país melhor, mais livre e mais próspero, dispensa completamente. Afinal, queremos progredir, não regredir e virar uma Venezuela!

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog