A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, setembro 29, 2004

“ADE” É COMPLEXO VITAMÍNICO DE USO EXCLUSIVO VETERINÁRIO, ALERTA O MAPA

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento informou hoje (28/09) que não é recomendável, em hipótese alguma, o uso por seres humanos de produtos veterinários com a denominação genérica de “ADE”, que contém em sua formulação as vitaminas A, D e E. “A indicação desses produtos para seres humanos caracteriza-se neste caso como emprego indevido”, explica o coordenador de Produtos Veterinários do MAPA, Ricardo Pamplona.
Segundo ele, o “ADE” é indicado como suplementação vitamínica e ação coadjuvante no tratamento de debilidade física dos animais domésticos. Além disso, esses produtos possuem em suas composições substâncias compatíveis especificamente com o organismo animal. “Para obtenção do registro, essas drogas são submetidas a rigorosas análises pelo Mapa, visando preservar a efetividade e segurança referentes à sua utilização nos animais domésticos”, esclarece.
Pamplona informa que esses produtos possuem autorização para uso em todo o país por cumprirem com as regras estabelecidas pelo Mapa para registro de substância de uso veterinário. Ele destaca ainda que tais produtos são livremente comercializados em todo o mundo, sem exigência da receita veterinária obrigatória porque não se enquadram no grupo das substâncias sujeitas a controle especial definidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
O coordenador de Produtos Veterinários disse que cabe ao ministério a fiscalização referente à fabricação, ao controle de qualidade, à comercialização e ao emprego dos produtos de uso veterinário nos animais domésticos. “O objetivo é salvaguardar a produção e a produtividade da pecuária nacional, além de contribuir com o controle de enfermidades transmitidas pelos animais”, enfatiza Pamplona.
A fiscalização é executada pelas Delegacias Federais de Agricultura e pelas Secretarias de Agricultura, em todo o território nacional, nos estabelecimentos que fabricam e comercializam esses produtos.


Fonte: MAPA

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog