A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, junho 23, 2004

Cultivo de algodão transgênico cresce na Índia

A produção de algodão geneticamente modificado da Índia deve aumentar este ano, principalmente devido ao grande interesse demonstrado pelos produtores em relação à nova tecnologia.
O cultivo, que está concentrado na região central e no extremo sul do país, entra em seu terceiro ano consecutivo e deve triplicar em relação ao ano passado.
Segundo dados do ISAAA (Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações de Agrobiotecnologia), a área plantada com algodão geneticamente modificado na Índia foi de cerca de 0,1 milhão de hectares em 2003.
Em abril deste ano, o governo indiano aprovou o cultivo e comercialização da quarta variedade de algodão transgênico resistente a insetos, desenvolvida pela empresa Rasi Seeds, por meio de tecnologia licenciada da Monsanto.
Estudo realizado pela Universidade da Califórnia, em 2003, concluiu que a adoção de algodão geneticamente modificado resistente a insetos pode aumentar a produção em até 80% na Índia.
O algodão Bt, foi primeiro transgênico a ser permitido pelo governo indiano e carrega em seu código genético o gene da proteína de Bacillus thuringiensis, uma bactéria encontrada naturalmente no solo, que tem ação inseticida contra insetos que atacam as lavouras.
O algodão resistente a pragas foi a terceira planta geneticamente modificada mais cultivada no mundo em 2003, com 7,2 milhões de hectares, segundo dados do ISAAA (Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações de Agrobiotecnologia).

Fonte: Terra

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog