A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, novembro 17, 2014

POLÍBIO BRAGA: MST invade, depreda e inviabiliza estações de pesquisa da Fepagro no RS




A Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária, Fepagro, responsável pelos patrimônios genético de animais e plantas do sistema produtivo do RS, vem sofrendo inúmeras invasões e depredações nas áreas de pesquisa e de patrimônio genético do sistema produtivo (mandioca, sorgo, frutíferas, forrageiras, plantas bioenergéticas) e animais (ovinos, bovinos, peixes, caprinos). Os resultados das pesquisa são os norteadores do desenvolvimento tecnológico para os sistemas produtivos de animais e plantas com qualidade desde os cultivos convencional, orgânicos e ecológicos.



. As invasões são predatórias, como áreas urbanas e ribeirinhas e obedecem motivações politicamente, sempre sob o comando do MST. o interesse é a desarticulação da pesquisa, que é um interesse comum, para arranjo específico de interesse individuais.


. A insegurança dos funcionários, pesquisadores e do patrimônio de Estado parece não ter importância para as autoridades atuais do governo do PT, até porque o MST é braço agrário do Partido. 


. As denúncias feitas no campo são reiteradamente ignoradas.


. As estações invadidas até esta tarde são as seguintes:


Fepagro Vale do Taquari, com duas invasões. 
Fepagro Tupanciretã, uma invasão.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog