A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Mosca-branca deixa produtores de tomate em alerta

Atualmente, a atenção de produtores está voltada a uma praga bastante temida: a mosca-branca. Sua alta capacidade de reprodução e seu poder de destruição acarretam em perdas significativas de produção de algumas culturas, entre elas, a de tomate. O inseto, de apenas um milímetro de comprimento, ataca a parte de baixo das folhas e suga a seiva, enfraquecendo as plantas.
Além disso, quando o inseto está infectado, transmite uma virose (Geminivírus) que compromete severamente a produtividade da cultura, podendo paralisar o crescimento da planta, diminuir o número de frutos e causar o amadurecimento precoce e irregular de frutos. No tomate, a mosca-branca transmite um vírus que provoca uma doença conhecida como mosaico dourado, que ataca as folhas e diminui a produtividade do tomateiro.
De acordo com o pesquisador da Gravena Ltda, Sérgio Roberto Benvenga, a infestação de mosca-branca pode acarretar perdas de até 70% na produtividade da lavoura. Isto ocorre porque as folhas sofrem uma clorose do limbo foliar, fato que resulta no amarelecimento geral das folhas, com conseqüências negativas no vigor, porte da planta e densidade de frutos nas pencas. “Indiretamente este inseto também pode comprometer a qualidade dos frutos produzidos por injetar toxinas que resultam em desordens fisiológicas, caracterizadas por maturação irregular por ocasião da colheita. A conseqüência são frutos com aspecto desfavorável para a comercialização e processamento industrial”, destaca Benvenga.
Edinei de Jesus Novelatto, produtor de tomates da cidade de Nova Odessa/SP, conta que em 2001 teve 40% de perdas na safra de tomate por problemas com infestação de mosca-branca. “Desde então, faço o manejo de maneira sistemática para evitar mais prejuízos”, conta. O produtor ainda reforça que “apesar da tolerância e resistência dos tomates no final do ano, é preciso tomar muito cuidado com a praga, pois depois que ela transmite a virose, o controle fica bastante difícil e é quase impossível não se ter prejuízos”
As lavouras de tomate da Estância Árvore da Vida, em Sumaré/SP, são exemplos dos resultados positivos alcançados com a adoção de tecnologias para o manejo da mosca-branca. O proprietário da fazenda, Joel Elias, ressalta que “com controle adequado da mosca-branca, o risco de infestação cai de 40% para 10%. Com o tratamento em dia, os tomates ficam menos vulneráveis à praga e nós, produtores, mais tranqüilos”

Sobre a Bayer CropScience
A Bayer CropScience AG, filial da Bayer AG com vendas anuais de aproximadamente, € 5,7 bilhões (2006), é uma das empresas líderes no mundo em inovação nas áreas de defensivos agrícolas, controle de doenças não-agrícolas, tratamento de sementes e biotecnologia vegetal. A empresa oferece uma excelente gama de produtos e amplo serviço de apoio para uma agricultura moderna e sustentável e para aplicações não-agrícolas. A Bayer CropScience tem um quadro de funcionários de aproximadamente 17.900 em nível mundial e está presente em mais de 120 países. No Brasil, conta com aproximadamente 900 colaboradores, instalação industrial em Belford Roxo (RJ) e uma Estação Experimental na cidade de São Paulo.

Visite o site da empresa: www.bayercropscience.com.br


LVBA Comunicação
Fabiana Pinho - tel: (11) 3039-0668 / 8196-0195
Mayra Martins - tel: (11) 3039-0676

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog