A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, agosto 31, 2004

Lula quer aprovar Lei de Biossegurança em setembro

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenta evitar a edição de uma medida provisória (MP) que autorize o plantio de soja transgênica na próxima safra. Para isso, ordenou ao ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, que cobre dos senadores ações que permitam a votação da nova Lei de Biossegurança durante a semana de esforço concentrado, marcada para a segunda semana de setembro.
Para garantir a aprovação da lei em tempo hábil, antes do início do plantio da safra 2004/2005, o Planalto trabalha com diferentes estratégias. Uma delas, segundo Rebelo, é tentar um entendimento com governistas e partidos de oposição fazendo, se necessário, o "fatiamento" do projeto da Biossegurança.
Ficaria para novembro a votação do capítulo que trata dos embriões humanos, por falta de consenso no Congresso, já que a Igreja Católica faz oposição aberta e irredutível. O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Geraldo Majella Agnelo cobrou "ética" nos debates em torno dos embriões humanos.
"A pesquisa com células-tronco, infelizmente, está cheia de interpretações éticas e carregada de incertezas científicas", observa Agnelo. "Não é aceitável que duas grandes questões de interesse nacional (os transgênicos e a utilização de embriões humanos para pesquisa científica) mascarem uma a outra sua real importância, ao serem tratadas conjuntamente. Ambas exigem conhecimentos científicos para a melhor avaliação de suas implicações éticas. A votação, em conjunto, dos transgênicos e dos embriões humanos deixará sempre um marco de inaceitável açodamento legislativo para assuntos tão sérios", diz a declaração da CNBB.

Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Arquivo do blog