A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

terça-feira, novembro 18, 2014

RODRIGO CONSTANTINO: Crianças brasileiras recrutadas para doutrinação na Venezuela




Soldado treinado desde criança para repetir slogans marxistas


Considero que há poucos crimes tão covardes como o de doutrinar ideologicamente crianças. Uma criança deveria aprender certos valores e princípios básicos, como a honestidade, a responsabilidade e a integridade, e ser estimulada a pensar sempre por conta própria.


Usar crianças como cobaias para lavagem cerebral e para criar um exército de soldados autômatos que obedecem uma cartilha produzida por um líder é de uma agressão revoltante.


Ao que tudo indica, é o que o governo venezuelano vem fazendo… com crianças brasileiras! A ponto de o Ministério Público Federal em Goiás instaurar inquérito para apurar esse suposto recrutamento ilegal de crianças e adolescentes brasileiros pelo governo da Venezuela, para serem doutrinados a atuar na “revolução bolivariana”:


A ação contra a União é assinada pelo procurador da República Ailton Benedito. Ele diz que tomou a medida baseando em notícias veiculadas pela imprensa brasileira de que o vice-presidente setorial do Desenvolvimento do Socialismo Territorial da Venezuela e titular do Ministério das Comunas, Elías Jaua, leva adolescentes brasileiros para o país desde 2011.


No inquérito, consta ainda uma notícia veiculada no site do governo venezuelano de que 26 crianças e adolescentes participaram do treinamento no estado de Sucre das chamadas “Brigadas Populares de Comunicação”, com o intuito de moldá-los como “futuros jornalistas para servir o país”.


“Temos que saber em que condições, quem levou e quem autorizou a ida dessas pessoas até a Venezuela. Abrimos o inquérito justamente para apurar em que circunstâncias isso ocorreu, qual a idade dos envolvidos, de onde são e qual a real quantidade deles”, disse Benedito ao G1.


Isso é um absurdo! Se ficar comprovado que isso está mesmo acontecendo, uma reação contundente terá que partir da sociedade brasileira, para pressionar as autoridades por alguma medida mais enérgica que puna os envolvidos. Sem dúvida o governo venezuelano conta com cúmplices no Brasil. Quem manda crianças para esse tipo de coisa não tem empatia alguma pelo próximo, é um verdadeiro canalha. Que tipo de “jornalista” pode sair de um experimento desses?


PS: Não chega a ser grande novidade esse episódio, uma vez que sabemos que o MST já faz esse tipo de doutrinação com crianças aqui no Brasil, incutindo na cabeça desprotegida dos “sem-terrinha” todo tipo de mentira ideológica, como podemos ver nesse exemplo:


Nenhum comentário:

Arquivo do blog