A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, outubro 29, 2014

Ossami Sakamori: Dilma não tem legitimidade para ocupar presidência da República.




Presidente Dilma Rousseff foi proclamada pelo TSE como presidente da República para governar o País nos próximos 4 anos. Quanto ao processo eleitoral, embora na minha opinião eivado de fraudes, como não houve contestação pelo candidato oponente, ela é legalmente chefe da Nação nos próximo mandato. 


No entanto, a presidente Dilma foi eleito em 2010 utilizando-se do dinheiro caixa 2, proveniente do esquema 3% do DNIT para os aliados políticos. No caso do DNIT, ela própria na condição de chefe da Casa Civil autorizou a operação de financiamento da campanha via caixa 2, diretamente ao ministro Alfredo Nascimento, que por sua vez autorizou o Luis Antonio Pagot, direto do DNIT a contratar obras no valor de R$ 20 bilhões. As obras por conta do superfaturamento acabaram saindo por R$ 46 bilhões, consequentemente, a propina movimentada foi de R$ 1,4 bilhão. 


Os depoimentos do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, o "Paulinho" e do doleiro Alberto Youssef, revelaram que houve propina de 3% sobre as obras da refinaria Abreu e Lima, que estimado gira em torno de R$ 1,2 bilhão. Ainda, segundo os delatores, a propina beneficiou os membros dos partidos da base aliada, PT, PMDB e PP.


O assunto das propinas do DNIT começou e terminou com as demissões do ministro Alfredo Nascimento e do diretor do DNIT. O Procurador Geral da República Roberto Gurgel, mandou arquivar o inquérito, apesar de todas evidências. Tolerância "zero" da Dilma é vergonhoso! Todos estão "soltos" !


O assunto da propina da Petrobras, apesar das delações premiadas, todos os parlamentares e a própria Dilma são beneficiários dos R$ 1,2 bilhão. O processo dos parlamentares da da Dilma será julgado pelo ministro Teori Zavascki do STF. O processo, certamente, vai demorar tanto quanto demorou o "mensalão", isto é 5 anos. Daqui a 5 anos, Dilma já teria terminado o próximo mandato.


Se o Brasil fosse país sério, a presidente Dilma já teria renunciado, de vergonha do que acontece no seu governo. Lembrando que presidente da Alemanha renunciou por conta de má uso de US$ 1 milhão. Há muito tempo atrás, o primeiro ministro japonês Kakuei Tanaka, renunciou ao cargo e posteriormente foi processado por propina de US$ 160 mil. 


As propinas das eleições da Dilma de 2010 e 2014, totalizam em R$ 2.400.000.000,00 (dois bilhões e quatrocentos milhões reais). 


Pelas condições expostas, afirmo que a Dilma Rousseff não tem legitimidade para ocupar o cargo de presidente da República. Se tiver um pouco de vergonha na cara, deveria renunciar ao cargo de presidente, como fazem os políticos de países desenvolvidos. Ou estamos na republiqueta de 5ª categoria?



Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog