A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, outubro 29, 2014

FRAUDE: Eleitor de Aécio diz que votaram em seu lugar



Escola é a mesma em que votou neste domingo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva



Eleitor é impedido de votar neste domingo (26)

Rocha Lobo/26.10.2014/Futura Press/Estadão Conteúdo

O representante comercial Jose Roberto dos Santos teve uma surpresa ao chegar para votar na Escola Estadual José Firmino Correia de Araújo, em São Bernardo do Campo, no ABC, região metropolitana de São Paulo. Ao apresentar o seu título de eleitor e um documento com foto, ele foi informado de que já haviam votado em seu lugar.

— Eu vi a assinatura embaixo da minha do primeiro turno e era completamente diferente.

A escola é a mesma em que votou neste domingo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Após o incidente, Santos deixou o local dizendo que ainda não sabia o que faria.

— Vou ligar no cartório eleitoral e ver o que é possível fazer.

Ele pretendia votar no candidato tucano Aécio Neves.

— Para não compactuar com essa roubalheira que está acontecendo no País, ia votar no Aécio.

O auxiliar de logística da escola que trabalha na votação, Anderson Charles da Silva, disse que "erros acontecem" e que os procedimentos — como invalidação do voto errado ou até anulação da urna na sessão de Santos — só podem ser esclarecidos pelo juiz eleitoral.

A assessoria de imprensa do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) informou que o erro pode ter sido do mesário, por conta de homônimos, mas disse que não é possível confirmar neste momento se esse foi o caso. O TRE esclareceu ainda que o mesário da sessão terá que relatar o caso em ata e que o cartório eleitoral vai regularizar a situação do eleitor. Porém, não há como ele ter o seu voto computado.

Confusão

Além do caso de Santos, outro acontecimento marcou a votação de Lula em São Bernardo do Campo. Mais cedo, um advogado eleitor de Aécio, com adesivos do candidato na camiseta, provocou militantes petistas e foi retirado do local. Marcos Neves, de 31 anos, queixou-se de falta de democracia.

— Vim votar, vi a movimentação e só quis exercer o direito de me expressar. O fato de eles estarem com bandeiras do PT, para mim, também pode parecer provocação. É um absurdo que aconteça isso em país democrático.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog