A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, outubro 01, 2014

BLOG DO CORONEL: Pela primeira vez, pesquisas mostram que chances de Aécio vencer Dilma são maiores do que Marina




Acabou a lenda plantada pela mídia e por petistas enrustidos de que Marina Silva é que teria chances de vencer Dilma Rousseff no segundo turno. As pesquisas divulgadas ontem mostram que os dois têm chances estatísticas iguais, o que os separa da atual presidente, dona da máquina, da caneta e de quase 50% do tempo da TV, são míseros 10 pontos. Ou cinco. Nunca estas chances foram iguais, na realidade. As de Aécio sempre foram maiores, por um motivo muito simples: mais alianças, mais apoios, mais governos estaduais, mais política, mais o que mostrar. É o que está levando Aécio a embolar a eleição na última semana, com grande probabilidade de ir para o segundo turno. Além disso, Marina não resistiu aos ataques do PT, que foram até mesmo infantis. Não soube reagir. Faltou a ela um passado que não fosse petista. Faltou a ela uma biografia, já que a sua passagem pelo Ministério do Meio Ambiente não deixou nada de concreto para o eleitorado. Faltou a ela o que sempre falamos aqui: estrutura física e psicológica para encarar uma campanha dura. Marina Silva mostrou apenas fraquezas. O discurso não parou em pé. Passada a comoção da morte de Campos, passado o luto, não sobrou nada. Até a voz a candidata perdeu. É hora da arrancada final porque, se for para o segundo turno, Aécio Neves vai vencer a eleição. Mas isto será assunto para a próxima segunda-feira, para o bem do Brasil.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog