A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

terça-feira, outubro 21, 2014

ALUIZIO AMORIM: O MEGA COMÍCIO DE AÉCIO NEVES EM BELÉM DO PARÁ QUE A GRANDE MÍDIA A SERVIÇO DO PT ESCONDEU


As fotos são todas do site do jornal O Liberal de Belém do Pará

Aí está o facsímile da capa do jornal O Liberal, um dos mais importantes jornais de Belém do Pará destacando o mega comício de Aécio Neves naquela capital nesta segunda-feira. 

Entre nos site dos grandes jornais do centro do país e vejam como esse mega-evento da campanha de Aécio Neves, é miseravelmente escamoteado.

No entanto, Lula é intensamente fotografado com direito a destaque especial no site de O Globo, embora tenha desancado a Rede Globo e algumas de suas estrelas. Faz sentido, pois em 2010, a campanha da Dilma que recebeu dinheiro do petrolão, segundo a delação premiada de Paulinho, o amigo do peito de Lula, teve generosa acolhida pela família Marinho, representada pela D. Lili Marinho, então viúva do patriarca Roberto Marinho, que pouco depois veio a falecer. 

Naquela oportunidade a família Marinho reuniu a alta sociedade carioca num almoço em homenagem à Dilma, na mansão da família no Rio de Janeiro com direito a brindes de champanha.

Visitem também o site da Folha de S. Paulo ou compulsem a edição de hoje desse jornal. Lendo o que está lá pode-se inferir, sem qualquer medo de errar, que Aécio Neves está na dianteira ao contrário da pesquisa fajuta do DataFalha, tal é o nível dos artigos que destilam o ódio ao candidato Aécio Neves. Chega a ser ridículo vendo por exemplo uma tal de Raquel Rolnik que relativiza, sem o menor pudor em seu blog, a vergonhosa e despudorada roubalheira na Petrobras. Isso para não falar na roubalheira geral, já que o PT se considera o dono do Brasil.

Eu como cidadão brasileiro insisto: quero saber quantos bilhões de dólares, por exemplo, o BNDES repassou para os assassinos Fidel e Raúl Castro e molhou as mãos da família Odebrech, dona da empreiteira que construiu um porto em Cuba.

O Clóvis Rossi, que faz parte do conselho editorial da Folha de S. Paulo, o amiguinho de Lula, pode não estar interessado em saber quanto o BNDES tem transferido para a ditadura cubana e suas congêneres na África, sobretudo em Angola. Mas eu estou.

Mas em lugar de fazer jornalismo, a Folha de S. Paulo, Globo e congêneres se transformaram em peças auxiliares da campanha da Dilma. Basta que Lula de um traque para que sua foto seja estampada à farta. O zeloso batalhão de fotógrafos e repórteres toma o cuidado especial para manter esse mentiroso em destaque. 

Em suma: a grande imprensa brasileira com raras exceções é o maior cabo eleitoral do PT. E isto não é de hoje. Há anos os comunistas vagabundos, assassinos, mentirosos, controlam as redações. Com a chegada do PT ao poder vêm endeusando Lula e seus sequazes. É um troço vergonhoso.

Com mais de 40 anos de jornalismo nunca vi um algo nojento, tão vulgar, tão deletério. No lugar da informação a desinformação, a mistificação e a mentira.

E a maior mentira não é só criar um factóides, mas escamotear uma informação como é o caso do gigantesco comício de Aécio Neves realizado em Belém do Pará. Agora, se fosse um comício da Dilma estava na primeira página dos jornalões. Enviariam repórteres especiais para a cobertura.

A grande mídia é a maior promotora da lavagem cerebral que vem sendo aplicada na população brasileira. Eu considero isso um ato criminoso!

Todavia, o que escrevo neste post é um indício seguro de que Aécio Neves lidera a corrida eleitoral e vencerá a eleição. Quando a Folha de S. Paulo eleva à categoria de articulista gente como Raquel Rolnik, ou, ainda, o chefe dos bando de invasores de propriedades privadas em São Paulo e correlatos, tem-se a prova: estão desesperados. Até o dia da eleição, babando feito cães hidrófobos, serão capazes de coisa piores, muito piores.

Para concluir, reafirmo o que já disse aqui no blog várias vezes. Com mais de 40 anos de jornalismo conheço essa gentalha como a palma da minha mão. Redações de jornais - ressalvadas as exceções muito raras - são vivendas de psicopatas, marginais, depravados, diletantes, maconheiros, vadios, mentirosos e imorais. Isto é lamentável, mas é verdade.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog