A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, setembro 15, 2014

ALUIZIO AMORIM: SÓ OS IDIOTAS E EMBUSTEIROS VOTAM NA DILMA OU NA MARINA SILVA. EU VOTO NO AÉCIO NEVES!





O jogo está para ser jogado, um jogo que pode definir as próximas décadas para o Brasil. É um momento muito especial, dramático mesmo, e está nas mãos dos eleitores. Há dois caminhos a seguir: a democracia com segurança que todos os homens e mulheres de bem desejam ou a falsa democracia encenada por duas versões do PT: a do já conhecido partido do mensalão, da roubalheira, dos escândalos, da incompetêcia, da mentira, da ameaça, dos quebra-quebras, da anarquia, da infação e da insegurança pública ou a versão mistificadora de um bando de oportunistas do mesmo naipe que são unha e carne, que pretendem alcançar os mesmos objetivos fundamentados na deletéria ideologia do neocomunismo do século XXI, também conhecido como regime bolivariano, sim aquele mesmo regime que faz o povo venezuelano sangrar e passar boa parte do dia à procura de alimentos em filas quilométricas do supermercados.

Trata-se, portanto, não apenas de um escolha de determinada pessoa para governar o Brasil. Nestas eleição os brasileiros estarão fazendo uma opção de futuro: a garantia da liberdade e a segurança ou a anarquia estimulada tendo em vista a consecução de um projeto que objetiva a perpétua permanência de um bando de vigaristas e psicopatas no poder. Essa gente pretende a implantação de um ditadura consentida pelo voto. Assim já aconteceu na Venezuela, na Argentina, no Equador, na Bolívia, na Nicarágua. Em Cuba já faz mais de meio século que seu povo vive sob o tacão de uma ditatadura assassina. O Brasil agora é a bola da vez, a menos que os brasileiros repudiem esses tarados ideológicos liderados pelo PT e Marina Silva. 

Os candidatos presidenciais estão postos. Dilma e seus sequazes todos conhecem, pois faz parte do partido do mensalão, das maracutais, dos escândalos, das roubalheiras, das mentiras e do plano diabólico golpista bolivariano, 

Marina Silva, é uma incógnita perigosa, pois sua biografia mostra que é uma versão do PT. Foi ministra de Lula, nasceu politicamente dentro do PT da qual é fundadora e dele vem se nutrindo até hoje, embora tente colar a impressão de que é independente. Já passou pelo Partido Verde que não lhe foi conveniente dentro de seu egoísmo político. Marina Silva é uma autoritária e, além disso, é uma embusteira que passa a impressão de santidade. Não difere um milímetro da turma do PT, aliás, são seu amigos e ja disse que convidará Lula para ser conselheiro de seu eventual governo. Sem falar no fato de que a exemplo da suposta 'gerentona', nunca administrou sequer um garapeira.

A alternantiva correta para todos os homens e mulheres de bem e que prezam a a liberdade e a segurança é óbvia: Aécio Neves, que dispensa apresentações. Todos o conhecem. Aécio Neves não pretende impor mirabolantes projetos bolivarianos do Foro de São Paulo, não pretende promover agitação política com a enigmática "democracia de alta intensidade" proposta pela Marina black bloc, nem tem medo de propor um programa que prevê, sobretudo, a segurança pública e o fim da anarquia, a par do fato de que possui experiência política e administrativa. Não é, portanto, a caixinha de surpresas que representa a suposta rainha da floresta Marina Silva, nem tampouco esconde projeto golpista de Constituinte para a rasgar a Constituição e impor um regime comunista, como planeja o PT com o famigerado decreto 8.243, que cria os 'sovietes' e que também é apoiado pela Marina Silva.

Como já afirmei aqui no blog, em todas as eleições em qualquer lugar do mundo os leitores responsáveis que desejam a garantia da paz social e da segurança, votam no menos pior, ou seja, naquele que pelo menos tem ao longo de sua vida tem uma prática política verdadeiramente democrática. Até porque humanos não são semideuses. Uma eleição é um exercício de racionalidade. 

Só mesmo os estúpidos, idiotas ou oportunistas inescrupulosos podem trocar Aécio Neves pelo PT mensaleiro do Lula e da Dilma ou pela embusteira Marina Silva que, a rigor, nem partido tem. Está apenas momentaneamente hospedada no PSB, que é um dos partidos fundadores do Foro de São Paulo, a organização esquerdista fundada por Lula e Fidel Castro em 1990, que deseja fazer do Brasil uma extensão de Cuba. Aliás, isso já começou com a importação de médicos cubanos, ou melhor, curandeiros.

E ainda desejo fazer aqui e agora uma advertência. Os que acreditam que o Brasil é melhor nas mãos do PT ou da Marina Silva ecochata, saiam da minha frente. Não ousem sequer lançar o olhar em minha direção, muito menos vir falar comigo. Não falo com vermes. 

Quem me conhece sabe muito bem quem sou. Nunca omiti minha preferência política. Meu voto sempre foi público. Escrevo e assino embaixo. Eu tenho lado, o lado da democracia e da segurança, da alternância do poder e da liberdade. Jamais, como jornalista, me esconderei atrás de uma suposta isenção e imparcialidade que, aliás tipifica os covardes, aproveitadores e mentirosos de todos os gêneros.

Por mais defeitos que Aécio Neves possa ter, possui uma virtude fundamental: não é comunista, não é ecochato e não pretende impor nenhum plano bolivariano para o Brasil; não faz parte de nenhum projeto político para se eternizar no poder.

Finalmente, se no segundo turno por azar disputarem a Dilma e a Marina, anulo o voto para presidente da República pela primeira vez em toda a minha vida.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog