A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, julho 07, 2004

Fungo potente pode dizimar plantações de banana no Paraná

A Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Paraná está alertando os produtores de banana paranaenses para o risco de contaminação pela cigatoka negra, um fungo potente, capaz de dizimar a produção nas áreas atacadas.
O Paraná está adotando medidas preventivas contra a doença (Mycosphaerella fijiensis) em função de ter sido registrado, no final de junho, um caso no município paulista de Miracatu. No Brasil, os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima já lutam para conter a doença, que pode reduzir a produtividade a zero.
A Secretaria está preparando uma portaria para disciplinar as ações de controle no Paraná. Cargas de bananas de outros estados só podem entrar no Paraná se tiverem a emissão de Permissão de Trânsito Vegetal Fundamentada em Certificado Fitossanitário de Origem, que o caminhoneiros obtêm na fiscalização estadual.
A transmissão da cigatoka negra se dá por esporos que podem ser levados pelo vento, mudas ou folhas infectadas.
No Paraná, são cerca de 6,5 mil pessoas diretamente envolvidas no cultivo da banana, em uma área de 9.970 hectares, com uma produção de 231.493 toneladas. As áreas de produção estão localizadas na região de Guaratuba e Guaraqueçaba, Cornélio Procópio e Andirá, Foz do Iguaçu.
O Departamento de Fiscalização e Defesa Agropecuária pretende estabelecer parcerias com todos os segmentos envolvidos desde a produção, transporte e comercialização de bananas para evitar que a doença se alastre no Paraná.

Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog