A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, julho 07, 2004

Adubo orgânico estimula genes do tomate

Os defensores da agricultura orgânica acabam de ganhar mais um motivo para defender essa prática. Um estudo feito por cientistas do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos acaba de revelar que alguns processos gênicos do tomate são melhores regulados nas plantas que cresceram a partir de técnicas orgânicas de agricultura.
Foram detectados dez genes que funcionam melhor a partir de substâncias naturais. Entre os processos, que não tiveram uma regulação muito eficiente quando os tomates foram tratados com compostos químicos, estão alguns bastante importantes. Vários genes relacionados com o envelhecimento da planta e com a resistência a vários tipos de doença se comportaram melhor nos campos cultivados com práticas da agricultura sustentável.
O trabalho, assinado por Vinod Kumar, Douglas Mills, James Anderson e Autar Mattoo, publicado na edição de 6 de julho da Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), mostra um modelo que explica como os compostos protéicos do tomate utilizam e mobilizam no campo, com mais eficiência, as moléculas de carbono e nitrogênio presentes nos adubos naturais. E, como conseqüência desses processos biomoleculares, aqueles tomates se tornam mais resistentes e com mais tempo de vida.
Os resultados obtidos pelo grupo norte-americano dão importantes evidências de que as práticas de agricultura sustentável são viáveis. Além disso, a identificação inédita de genes que funcionam de forma diferente na agricultura sustentável e na tradicional (com o uso de adubos químicos) também pode abrir novas linhas de pesquisas científicas, comprometidas com a conservação ambiental.


Fonte: Agência FAPESP

Nenhum comentário:

Arquivo do blog