A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

sexta-feira, fevereiro 13, 2004

Embrapa e Unicamp realizam dia-de-campo sobre ervas medicinais

Dia -de-campo "Cultivo e colheita de plantas medicinais"
Local: Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos-SP)
Data: 17.02.2004, das 8:30 hs às 12:30 hs
Promoção: Unicamp, Embrapa Transferência de Tecnologia / Escritório de Campinas, Embrapa Pecuária Sudeste

Um dia de campo sobre "Cultivo e colheita de plantas medicinais" será promovido na próxima terça-feira (dia 17 de fevereiro) pela Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos-SP), Embrapa Transferência de Tecnologia/Escritório de Negócios de Campinas e Unicamp-Universidade Estadual de Campinas. O evento, que acontecerá na Embrapa Pecuária Sudeste, em São Carlos-SP, das 8:30 hs às 13:00 hs, é dirigido a produtores rurais que desejam conhecer culturas alternativas e rentáveis.
O cultivos das quatro plantas medicinais - artemísia, erva-baleeira, guaco e quebra-pedra - é destinado à indústria farmacêutica, que utiliza em medicamentos os princípios ativos e substâncias dessas ervas.
A artemísia é indicada para a produção de remédios para a malária. A erva-baleeira é usada em medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos, tônicos, anti-úlcera e para reumatismo, gota, artrites e coluna. O guaco destina-se a produtos anti-febre, anti-gripais e contra problemas do sistema respiratório, enquanto o quebra-pedra é dirigido a medicamentos diuréticos e para problemas renais, inclusive cálculos.
Os instrutores serão os professores Glyn Mara Figueira e Pedro Melillo, do Centro de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas da Unicamp; Ana Paula Artimonte Vaz, do Escritório de Campinas da Embrapa Transferência de Tecnologia; e Luiz Batista Rocha, da Embrapa Pecuária Sudeste.

Inscrições e mais informações, telefone (0xx16) 261-5611.

Jorge Reti - MTb 12693-SP e MS 14130/SJPSP/FENAJ
Assessor de imprensa
Embrapa Pecuária Sudeste
Telefone (0xx16) 261-5611

Nenhum comentário:

Arquivo do blog