A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quinta-feira, maio 04, 2017

Embrapa Gado de Corte completa 40 anos e recebe homenagem na Assembleia Legislativa



A Embrapa Gado de Corte foi homenageada nesta quarta-feira, 3, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS), em Campo Grande, pelo 40º aniversário de criação da Empresa. Os proponentes da solenidade foram o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (PMDB), e o vice-presidente, Onevan de Matos (PSDB).

Na tribuna, o chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Cleber Soares, destacou a contribuição da Empresa para a agropecuária e qualidade de vida da sociedade brasileira, a partir da atuação com foco no desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva da pecuária de corte. “Para alcançar os patamares atuais do Brasil, como maior exportador e segundo maior produtor de carne bovina no mundo, a Unidade tem contribuído de forma decisiva com geração, adaptação e transferência de tecnologias relacionadas a pastagens; genética, nutrição e sanidade animal; sistemas integrados de produção; tecnologia da informação e comunicação, entre outros temas”.

O deputado Junior Mochi enfatizou o reconhecimento aos empregados da Empresa que, ao longo de 40 anos, fazem do conhecimento matéria-prima essencial ao desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. “A Embrapa Gado de Corte faz a diferença não só no Brasil, mas no mundo, com suas tecnologias que fizeram o país alcançar o índice de maior exportador de carne bovina”, completou Onevan de Matos.

Homenagens
Durante a cerimônia, foram homenageados com diplomas de honra ao mérito os ex-chefes-gerais da Embrapa Gado de Corte: José Barcellos, Otávio Braga, Eberth Junior, Ivo Martins Cesar, Ademir Hugo Zimmer, Zenith João de Arruda, Celso Boin, Arae Boock, Antonio Sancevero, Kepler Euclides Filho e Rafael Alves, além do atual chefe-geral Cleber Soares.

O pesquisador Ademir Zimmer falou em nome dos chefes-gerais. “Essa passagem dos primeiros 40 anos foi, para mim e muitos outros, uma grande experiência de vida e profissional”, declarou acrescentando que, para o futuro, existem grandes desafios científicos e tecnológicos que poderão ser encarados pela instituição com sabedoria, dedicação e conhecimento.

Também receberam homenagem, como parceria destaque, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado, a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect), o Sistema Brasileiro do Agronegócio (SBA/Canal do Boi), a Geneplus Consultoria Agropecuária, Associação para o Fomento à Pesquisa do Melhoramento de Forrageiras (Unipasto) e Fundação MS para Pesquisa e Difusão de Tecnologias Agropecuárias.

O diretor-tesoureiro do Sistema Famasul, Luiz Alberto Novaes, fez discurso representando as instituições parceiras e destacando a importância da Embrapa para o agronegócio. “Hoje temos uma enxurrada de tecnologias e são poucas as instituições com as quais podemos contar para fazer uma pesquisa isenta de interesses comerciais e a Embrapa, sem dúvida nenhuma, é a principal delas”. O secretário-adjunto de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade), Ricardo Senna, lembrou o compromisso de manter a parceria do Governo do Estado com a Embrapa. “Fazer aniversário de 40 anos deixando esse legado da Embrapa à sociedade sul-mato-grossense é muito especial”, finalizou.



Texto: Kadijah Suleiman, jornalista da Embrapa Gado de Corte (MTb 22.729/RJ)


Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog