A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

quarta-feira, julho 23, 2014

ALUIZIO AMORIM: O CASO DO AEROPORTO MINEIRO. OU, QUANDO O JORNALISMO É DOMINADO POR PSICOPATAS E HISTÉRICOS


Sem alterar o tom de voz, com educação e sem rompantes, Aécio Neves apenas cumpriu o dever de colocar a verdade no seu devido lugar. E ponto final.

Em um pronunciamento breve em sua chegada ao comitê de campanha em São Paulo nesta terça-feira, o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, afirmou que escolheu, quando governador de Minas Gerais, uma área que pertencia a um tio-avô dele para a construção de um aeroporto no município de Cláudio porque era a opção “mais barata”. Aécio entregou à imprensa no início desta noite dois pareceres que ele solicitou a ex-presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o caso. Os ex-ministros Ayres Britto e Carlos Velloso atestam, no documento, a legalidade do processo realizado pelo tucano quando governador.

“Era o (terreno) mais barato. Já tinha uma pista de terra nele. Seria sim um ato contra o erário se eu fizesse uma obra muito mais cara numa área onde a topografia não justificasse”, justificou Aécio.

“A campanha começou e como nossos adversários gostam, com mentiras e ataques à honra. Essa é uma praxe dos nossos adversários do PT. Portanto, quero dizer duas coisas. O que circulou na imprensa é que teria havido a construção de um aeroporto por parte do governo de Minas numa área de um tio-avô meu em Cláudio. Essa informação é mentirosa. Não existiu nenhuma construção em nenhuma área privada. A área foi desapropriada em benefício do estado como atestam todos os documentos que vocês vão receber hoje. A desapropriação foi feita pelo estado em R$ 1 milhão. O proprietário, na época, apresentou proposta de R$ 9 milhões, mas ela foi desapropriada com o valor depositado de R$ 1 milhão. Se houve alguém favorecido nisso foi o estado e não o meu parente.”

Pouco antes, o coordenador-geral da campanha, Agripino Maia, também sugeriu uma ação eleitoral por parte dos adversários. “A denúncia foi feita, claro, que por vazamento de algum órgão de governo que tem a informação, que é quem controla o funcionamento de aeroporto, quatro anos depois, no início da campanha eleitoral”, disse.

A campanha do tucano entregou à imprensa também uma cópia das justificativas do Ministério Público de Minas Gerais para o arquivamento de uma investigação sobre a obra do aeroporto em fevereiro deste ano.
“A investigação é muito bem-vinda, mas quero dizer que, assim como aconteceu em inúmeras obras em Minas, nossos adversários sempre de forma anônima, na maioria das vezes, buscava que o MP fizesse investigação. Eu soube ontem que o MP investigou essa obra neste ano e arquivou esse processo porque não encontrou nenhuma ilegalidade.” Do site de O Globo

UM VIVEIRO DE PSICOPATAS

MEU COMENTÁRIO: O que não deixa de causar espécie é que essa história do aeroporto de Cláudio, cidade do interior de Minas Gerais, foi manchete da Folha de S. Paulo deste domingo, o que significa que a direção do jornal reputou como a matéria mais importante da edição.

Para um jornal que contrata como colunista o chefete do movimento sem teto do PT como articulista semanal, sabendo-se que esse elemento conduz a invasão de propriedades públicas e privadas em São Paulo, não é de admirar. 

Lamentavelmente tudo indica que a Folha de S. Paulo foi terceirizada pelo PT para produzir os famigerados "dossiês" contra a Oposição. 

A campanha eleitoral está apenas começando e desta feita o PT conta com os préstimos daquele que é considerado um dos principais jornais da grande mídia brasileira.

A propósito, a mesma Folha de S. Paulo, correu mais do que depressa para entrevistar uma das figuras mais asquerosas, mentirosas, um psicopata completo que esteve recentemente no Brasil. Refiro-me ao tiranete bolivariano do Equador, Rafael Correa, que dentre os seus maiores feitos como presidente daquela republiqueta foi instituir a censura à imprensa, depois de uma perseguição implacável contra os jornalistas, obrigando-os fugirem do país.

A entrevista foi realizada pela jornalista Mônica Bérgamo, colunista da Folha, com o seguinte título: "Restauração conservadora ameaça ciclo progressista". De autoria dessa semovente, como dos demais semoventes da Folha, jamais se lerá uma linha de condenação à deletéria regulação da mídia, ou controle social da mídia, leia-se "censura", como deseja o Lula, o psicopata-mor, o chefete da horda de comunistas vagabundos que compõem o PT e do Foro de São Paulo.

Por aí se pode concluir que boa parte jornalistas brasileiros é a favor, pasmem, da censura à imprensa! Aliás a Fenaj e os todos os sindicatos de jornalistas do Brasil transformaram-se em departamentos do PT. Eles pretendem, inclusive, ser mais comunistas do que qualquer comunista que já apareceu na face na Terra!, afinal, são excrescências que brotaram sob o adubo dos cursos de jornalismo, locus que reúne o maior número de psicoptas e histéricos que já apareceu no meio universitário. É de lá que saem os profissionais com a missão do partido de montar dossiês contra a oposição democrática e dar voz a tiranetes criminosos como Rafael Correa, depois que conseguem infiltrar-se nas redações dos veículos de mídia.

Por tudo isso, é imperioso que o PT seja alijado do poder para sempre, já que a ciência demonstrou de forma cabal que a psicopatia é incurável e todos os petistas e esquerdistas de todos os gêneros são psicopatas. 

E as provas estão aí ao vivo e em cores. Até porque não estou revelando nenhuma novidade. A Folha de S. Paulo é o exemplo concreto, na verdade um viveiro de psicopatas. Todavia a direção da Folha de S. Paulo sabe muito bem que o dia em que tentarem impor a censura a esse jornal serei o primeiro a me levantar para defendê-lo, procedimento que tomarei em relação a qualquer veículo de mídia.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog