A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

domingo, março 09, 2014

TRIBUNA DA INTERNET: E SE JOAQUIM BARBOSA FOR CANDIDATO E VENCER?

!!! Brilhante artigo publicado por Francisco Bendl no Tribuna da Internet !!!

Francisco Bendl
Em artigo publicado aqui no blog da Tribuna da Internet, Dr. Jorge Béja usou a partícula condicional “se”, no início do texto, para se referir à candidatura do ministro Joaquim Barbosa. Ou seja, “se” ele se lançar, disputar a Presidência e for eleito!
A distância de uma condição à outra é imensurável, inclusive a primeira, de o presidente do Supremo Tribunal Federal concretizar sua candidatura. Dois longos e árduos caminhos a serem percorridos.
Barbosa tem pouco a perder se derrotado; tem muito a ganhar se eleito. O PT tem muito mais a perder se derrotado; não tem quase nada a ganhar se eleito, haja vista já ter absorvido o que poderia do povo e do País. Levar mais ainda seria a ganância se mostrando explicitamente e comprometendo mais um governo petista pela ânsia do poder e desejo irreprimível de enriquecimento de seus dirigentes.
Dificilmente o PT  poderá continuar neste caminho de a presidente Dilma, se reeleita, ser uma governante honorária cubana, investindo dinheiro brasileiro que é extraído do erário publico e que deveria ser canalizado para nossas carências e necessidades, mas está sendo enviado à ilha caribenha sem previsão de esta verba fabulosa ser devolvida para nossos cofres!
MUITAS DIFICULDADES
Barbosa, se eleito, terá muitas dificuldades. Acredito que ele saiba disso, que não se aventurará tão somente para sentar-se na cadeira presidencial sem tentar qualquer reforma. Todavia, tem conhecimento do quanto deverá ser hábil para negociar com um Congresso fisiológico, que funciona à base do toma lá dá cá, pouco se importando se imoral e antiético em suas transações com o governo em busca de cargos, ministérios, diretorias e secretarias.
Mesmo assim, Barbosa é dúvida sobre como irá se comportar nesses momentos. Se com impetuosidade e explosão de raiva, até chutar o balde e pedir o boné para voltar para casa, agravando uma situação política de difícil prognóstico, pois quem seria o seu vice-presidente?! E quem votar no ministro vai querê-lo à testa do País.
Sem falar na oposição carnívora que lhe destinará o PT, movido por um ódio doentio e visceral pela perda dos cargos e demais posições de conforto e gordos proventos, que impulsionarão os petistas a impedirem que Barbosa possa governar o Brasil. E se ele renunciar, não suportando a desonestidade e a corrupção dos parlamentares e das negociatas que descobrir?
PT DESGASTADO
Portanto, as eleições deste ano fogem ao cotidiano das anteriores. O PT está desgastado, desacreditado, a economia não cresce, nossos problemas sem solução, muitos se agravaram como a segurança, a educação e o aumento do analfabetismo, a depreciação da infraestrutura nacional sem um metro de trilho construído para desafogar o trânsito e facilitar o transporte público, enfim, um País que necessita de um governo que se entregue ao desenvolvimento, e não trabalhe exclusivamente para o crescimento do partido e enaltecimento de uma ideologia retrógrada.

Barbosa, se candidato e se eleito, terá de se basear nos Doze Trabalhos de Hércules, a célebre figura mitológica pela sua força, coragem e inteligência. Mas Barbosa se mostra apenas um ser humano, daí…



+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog