A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, setembro 27, 2006

Curso sobre conversão agroecológica acontece amanhã na Embrapa

Nos dias 27, 28 e 29 de setembro, a Associação dos Produtores Orgânicos de Mato Grosso do Sul (APOMS) promove um curso de conversão de sistemas produtivos convencionais para agroecológicos, na Embrapa Agropecuária Oeste, unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, realizadora do evento, juntamente com o Idaterra e a Uniderp.

O principal público-alvo do encontro são os profissionais que atuam com a questão agroecológica junto aos agricultores da região. Neste primeiro módulo, o instrutor será o coordenador do Departamento de Agroecologia da ESALQ/USP, Carlos Armênio Khatounian.

Muitos aspectos estão envolvidos na conversão de sistemas convencionais para agroecológicos de produção, em especial os econômicos e técnicos, esses últimos incluem o reequilíbrio das populações de pragas e doenças e condições do solo.

Para Khatounian o período de conversão deve ser entendido como um tempo necessário para a reorganização, sedimentação e maturação dos novos conhecimentos, aliado a uma ativa reordenação dos agricultores e do meio ambiente.

Carlos Armênio é doutor em Agricultura Sustentável pela Universidade Estadual de Ciência e Tecnologia de Iowa (EUA) e atualmente é pesquisador associado do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), com ampla experiência em agricultura familiar.

Maiores informações: (67) 3425-5122, ramal 131 (Embrapa Agropecuária Oeste - BR 163, km 253,6 – trecho Dourados/Caarapó).

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog