A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, novembro 23, 2004

Abaixo-assinado pedindo liberação de transgênicos no PR será entregue amanhã ao ministro Roberto Rodrigues

Um abaixo-assinado com mais de 35 mil assinaturas de produtores paranaenses pedindo a liberação do cultivo, transporte e comercialização de soja transgênica no Estado será entregue amanhã, dia 23 de novembro, às 12h30, em Brasília, ao ministro Roberto Rodrigues da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Representantes da Federação da Agricultura do Paraná (Faep) e da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar) farão a entrega do documento no ministério e seguirão depois até o Congresso, onde o abaixo-assinado será encaminhado ao presidente da Comissão de Agricultura da Câmara, deputado Leonardo Vilella.
No abaixo-assinado, os produtores pedem que a Medida Provisória nº 223 seja modificada, estendendo a todos o direito de plantar soja transgênica. O documento lembra que o Supremo Tribunal Federal suspendeu a vigência da lei estadual que proíbe os transgênicos após o encerramento do prazo de assinatura do Termo de Responsabilidade, impedindo que milhares produtores possam plantar semente transgênica no Estado.
Os produtores pedem ainda que o governo federal não aceite a solicitação do governador Roberto Requião de transformar o Estado do Paraná em área livre de organismos geneticamente modificados e que seja suspensa a proibição do embarque de soja transgênica pelo Porto de Paranaguá.
Em todo o mundo são cultivados mais de 70 milhões de hectares com produtos transgênicos, sendo 43 milhões de hectares de soja transgênica. Estudos realizados pela Faep, Ocepar e Associação Brasileira dos Produtores de Sementes (Abrasem) revelam que se o Paraná plantasse 100% de soja transgênica, os agricultores teriam uma economia de 13,6% no custo de produção. Seriam utilizados 7,6 milhões de litros de herbicida a menos com reflexos positivos diretos ao meio ambiente. Além disso, o prejuízo gerado pelo Porto de Paranaguá em conseqüência da proibição estadual de embarque de soja transgênica chega a R$ 1,4 bilhão.

Rita Lucato
rita @ barcelonacomunicacao.com.br

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog