A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, outubro 26, 2004

Governador do Paraná solicita que o Estado seja considerado Zona Livre de Transgênicos

O governador Roberto Requião protocolou em Brasília, nesta segunda-feira (25), ofícios ao presidente Luís Inácio Lula da Silva e a alguns ministros, solicitando que o Paraná seja declarado "Zona Livre de Transgênicos". Esta é a quarta vez que Requião solicita que o Governo Federal emita a declaração contra os transgênicos.
Nos outros pedidos, o governador não foi atendido, mas durante a passagem de Lula por Curitiba (PR), no último dia 18, Requião reiterou o pedido ao presidente. "Conversei com o presidente Lula em Curitiba, argumentei com ele a legitimidade da reivindicação do Paraná e agora vim a Brasília oficializar a solicitação. O Paraná tem tudo para se tornar área livre de transgênicos", disse Requião.
Diante da atitude do governador, o presidente da Sociedade Rural Patronal de Cascavel, Nelson Menegheti, declarou-se totalmente contra o pedido. "Nós não vamos, de maneira nenhuma, aceitar que o Paraná torne-se área livre de transgênicos", disse. Desde o início de seu atual governo, Requião alega que é insignificante o número de agricultores que optaram legalmente pelo plantio de soja transgênica e que não quer favorecer a minoria.
Mas, afirmando que essa informação não é verdadeira, Meneghatti diz que são diversos os agricultores que querem plantar soja transgênica e já foram prejudicados pela Medida Provisória. "Ainda não estudamos quais serão as medidas judiciais que usaremos. Mas, já estamos preparando uma lista com assinaturas de todos que querem plantar transgênicos para fazer um abaixo-assinado e mostrar para o governador que não é uma minoria que pede os transgênicos", afimou.
O governador também pediu novamente que o Ministério da Agricultura repasse a relação dos 574 agricultores que assinaram o Termo de Compromisso, Responsabilidade e Ajustamento de Conduta para o plantio de soja transgênica nas safras de 2003/2004 e 2004/2005. "Essa informação dará ao Estado a condição de exercer uma ação fiscalizatória ainda mais eficiente, permitindo-nos manter o completo controle e a rastreabilidade da soja produzida no Paraná", afirmou Carlos Alberto Salvador, chefe da divisão de Defesa Sanitária Vegetal.

Fonte: Tudo Paraná

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog