A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

segunda-feira, setembro 27, 2004

Matsuda Petfood : EMPRESA PARTICIPA DA PET SOUTH AMÉRICA 2004 COM NOVAS EMBALAGENS DA LINHA VITTAMAX

Pela terceira vez consecutiva, a Matsuda Petfood, empresa que debutou no setor de alimentos para animais de estimação em 2002, participa da Pet South América 2004, completando a família de sua linha Vittamax. Aos pacotes de 8 e 15 kgs , agora, somam-se os de 1 kg para a Vittamax Cães, 2,3 kg para a Filhote e 2,3 kg, para a Premium. Segundo Marco Antonio Nastari, gerente comercial da marca, a decisão de lançar as embalagens menores do produto, deveu-se, principalmente, a necessidade de atender ao mercado externo, onde, tradicionalmente, o consumidor costuma fazer compras semanais, e gosta de incluir um pacote pequeno de ração, para os seus pet´s.”Além disso, também, fizemos essa promessa, quando da inauguração da fábrica, em São Sebatião do Paraíso, no lançamento da linha Vittamax”, lembra Nastari. “E estamos cumprindo o prometido”.
Os produtos Vittamax já estão sendo vendidos para a América Central, Paraguai, Bolívia e Colômbia, sendo que a primeira remessa para esses países está acontecendo agora, neste mês, de setembro, com o envio de alguns contêineres de 15 toneladas cada um.
A linha intermediária Thor, lançada no ano passado, em pacotes de 8 kg, também ganha mais integrantes : a Thor Filhote e a Thor Max, ambas em três sabores, carne, frango e peixe e também, ganha embalagens pequenas de 2,3 kg.Nastari comenta que a estratégia de distribuição desse produto – linha Thor -- é específica para os pettshop´s, a fim de não fazer concorrência com os produtos voltados para os supermercados, à exemplo da Vittamax.
Outra decisão estratégica da empresa, nesse momento econômico, é a de andar na contramão do mercado, ou seja, devido a constantes quedas do poder aquisitivo do consumidor brasileiro, a tendência é a manutenção de produtos de ponta, destinados ao consumidor classe AAA, que não se preocupa com o preço do produto mas, sim, com a sua qualidade.
Nesse sentido, a Matsuda Petfood não está medindo esforços para atender aos novos padrões impostos por esse consumidor mais exigente, investindo cada vez mais na melhoria da composição do produto, sendo mais seletivo quanto às matérias primas utilizadas, e, ainda, em relação a qualidade das embalagens que, agora, são laminadas e ganharam mais espessura, além de maior qualidade de impressão.

Desempenho No Mercado
Inaugurada com capacidade para produzir 40 toneladas/dia, a fábrica de são Sebastião já teve sua capacidade instalada ampliada duas vezes, aumentando o nível de produção em 30%, entre setembro de 2003 a setembro de 2004. O tamanho da área coberta da fábrica foi ampliado, tendo, agora, o triplo do espaço para armazenamento de produto acabado , além da construção de um silo, com capacidade de armazenamento de 3.600 toneladas. Nastari enfatiza que “esses investimentos foram decisões muito importantes da Matsuda Petfood, pois permite que se tenha sempre produto para pronta entrega, além da disponibilidade de matéria prima, como o milho, por exemplo, mesmo quando esse gênero de matéria prima falta no mercado.
A Matsuda Pet continua firme na sua penetração do mercado paulistano, fechando negócios com grandes distribuidores de seus produtos, tanto na Capital, como nas vizinhas Jundiaí e Campinas.”As rações Vittamax já estão nas praleiras de petshops e supermercados do Brasil inteiro”, friza Nastari, apontando Rio de Janeiro, Belo Hiorizonte, Campo Grande, Brasília e Goiânia, como os principais mercados consumidores de alimentos para pet´s.

Activa Press & Associados
Executiva de Atendimento a Imprensa: Marisa Rodrigues – MTB.17.928
Contatos pelos telefones (011)37432276 – (011)37536757

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog