A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online

Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

sexta-feira, abril 30, 2021

EMBRAPA: II Congresso Mundial de ILPF recebe inscrições até o dia 1º de maio

A organização do II Congresso Mundial sobre Integração Lavoura Pecuária Floresta (ILPF) (World Congress on Integrated Crop-Livestock-Forestry Systems) - WCCLF que acontece nos dias 4 e 5 de maio a partir das 9 horas, em formato 100% digital, informa que antecipou o término de recebimento de inscrições para o 1º dia de maio, próximo sábado. O motivo da alteração da data é por questão de logística do evento. O valor da inscrição é de 150 reais para profissionais e 75 reais para estudantes. No site os interessados encontram os detalhes de como se inscrever, como ter acesso a uma cortesia e, se for o caso, de cancelar uma inscrição. Dias antes do evento os inscritos receberão por e-mail um login e uma senha de acesso à plataforma digital. Essa plataforma é restrita para aqueles que se cadastraram no site e realizaram o pagamento da inscrição.

 

Até este momento o número de inscritos ultrapassou a marca de mil, superando as expectativas dos organizadores. Foram registradas inscrições de 28 estados brasileiros, com destaque para São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Goiás e Mato Grosso. Além de brasileiros, se inscreveram para o evento profissionais do Reino Unido, americanos, portugueses, italianos, franceses, peruanos, equatorianos, austríacos, alemães, colombianos e australianos.

 

O número de trabalhos científicos enviados somou 207, 166 foram aceitos e 156 serão expostos na sessão pôster digital. Os trabalhos recebidos estão relacionados às áreas climáticas, emissões de gases de efeito estufa e sequestro de carbono, sistemas integrados e avaliações de sustentabilidade, impacto dos sistemas integrados na eficiência do uso de nutrientes e água, transferência de tecnologia para sistemas integrados, microclima, paisagem e biodiversidade, técnicas agrícolas, agricultura de precisão, IoT e inovação, aspectos econômicos e sociais e agricultura familiar, rastreabilidade, certificação e conceitos emergentes, políticas públicas, interações nas cadeiras de suprimentos e comércio. "Certamente o Congresso será uma oportunidade para a troca de conhecimentos e experiências entre especialistas, acadêmicos, produtores e demais participantes interessados no assunto", ressalta a pesquisadora Lucimara Chiari, membro da comissão organizadora que destaca também o ILPF Conecta que acontece paralelamente ao II Congresso - uma iniciativa que visa aproximar as Agtechs de investidores e de aceleradoras.

 
No total foram recebidas 92 inscrições de startups (também chamada de Agtechs) de 18 estados do Brasil e de mais dois países, França e Etiópia. São Paulo registrou o maior número, 20 inscrições. Validadas foram 76, todas, voltadas à produção agropecuária sustentável em sistemas de ILPF. As dez melhores soluções tecnológicas disputarão três vagas de finalistas que serão apresentadas na parte da tarde do dia 5 de maio. As startups selecionadas estarão em um espaço virtual, ao vivo, exclusivo para interagir com investidores e especialistas, demonstrando suas soluções tecnológicas.  

 

Presidente da Embrapa abre o ciclo de palestras nacionais e internacionais


Durante os dias 4 e 5 de maio serão apresentadas 30 palestras por especialistas brasileiros, estrangeiros e produtores rurais. A primeira será ministrada pelo presidente da Embrapa, Celso Moretti, intitulada "Desafios para o futuro da ILPF no Brasil", no primeiro painel da programação, que trata dos desafios e oportunidades para os sistemas de ILPF no mundo. "O Congresso será uma excelente oportunidade para troca de experiência e conhecimentos em sistemas de ILPF no Brasil e no mundo e vai propiciar um fórum de discussão baseado em referencial teórico e aplicações práticas que combinam a produção integrada da lavoura, da pecuária e da floresta na mesma área com uso eficiente de insumos, fundamentais para a segurança alimentar do futuro", salienta o presidente da Embrapa.

 

Os participantes do Congresso serão atualizados sobre os mais recentes resultados de pesquisa, desenvolvimento e inovação em sistemas ILPF praticados não só no Brasil como em diversos outros países. Dentre tantas experiências a serem expostas por especialistas renomados, temos a do professor australiano, Richard Eckard, da Universidade de Melbourne. O cientista vai falar dos incentivos do governo australiano aos agricultores no estabelecimento ou manejo de árvores em terras agrícolas e de pastagem, da adoção de métodos de compensação de carbono desenvolvidos para reflorestamento - que é um desafio na Austrália dado aos custos iniciais para o desenvolvimento, administração e estabelecimento de projetos. Falará também das experiências relacionadas aos benefícios das árvores em terras agrícolas que incluem a melhoria do bem-estar animal, da qualidade da água, da matéria orgânica do solo, da biodiversidade e valor de capital, além de contribuir para uma produção neutra em carbono e promover uma maior integração da silvicultura e da pecuária em futuros cenários climáticos na Austrália.

 

Tão importante quanto às demais apresentações será a do professor Luis Alfonso Giraldo, da Universidade Nacional da Colômbia.  O especialista abordará os desafios dos sistemas agroalimentares para sistemas sustentáveis de baixo carbono, das tendências da ILPF na América Latina e Caribe e como a tecnologia, técnicas e práticas aplicadas podem contribuir para os desafios que essa transição determina. Destacará os efeitos ambientais, sociais e econômicos positivos destes, com dados técnicos de referência gerados por iniciativas silvipastoris na Colômbia.

 

O evento além de promover a troca de experiências servirá para uma grande reflexão sobre os resultados de pesquisa, desenvolvimento e inovação em sistemas de ILPF, bem como, seus benefícios, desafios e oportunidades de produção no Brasil e nos demais países.

 

Ao todo serão sete painéis quando se discutirá temas como: ILPF e agricultura sustentável no mundo, serviços ecossistêmicos em sistemas de ILPF, evolução desse sistema no Brasil, plataforma pecuária de baixa emissão de carbono, importância do cooperativismo na adoção da ILPF, cenários e tendências da ILPF na Europa, América Latina, América do Norte, Ásia e África, Austrália e Nova Zelândia. Consta, ainda, discussão sobre ambiência e bem-estar animal,  empreendedorismo, indicadores socioeconômicos, certificações em ILPF dentre outras que podem ser conhecidas clicando aqui.

 

A palestra de encerramento marcada para quarta-feira, dia 5, a partir das 17h10 está a cargo do pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Roberto Giolo – coordenador técnico do evento - líder de projetos nos temas ILPF e gases de efeito estufa na pecuária. O especialista vai destacar os fatos mais relevantes de cada painel e fará comentários a respeito dos benefícios e oportunidades que envolvem o uso da ILPF. Um balanço dos números do Congresso e resultados alcançados também está na pauta do palestrante.

 

O evento é uma realização da Embrapa,  Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Rede ILPFSemagro MSFamasul MS e Fbeventos.

 

Serviços

 

WCCLF 2021 – De 4 a 5 maio de 2021, realizado de forma 100% digital.
Inscrições vão até o dia 1º de maio, sábado, link de acesso: www.wcclf2021.com.br

 

Conheça os sete temas dos painéis e das 30 palestras

Link de acesso: www.wcclf2021.com.br/programacao

 

Jornalistas interessados em cobrir o congresso pela plataforma on-line entrar em contato com agrossilvipastoril.imprensa@embrapa.br, até o dia 30/04 solicitando a liberação do acesso.

 

 

Eliana Cezar Silveira (DRT 15.410/SSP/SP)
jornalista
Núcleo de Comunicação Organizacional
Embrapa Gado de Corte


Contatos para a imprensa
eliana.cezar@embrapa.br
Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/


Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog