A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, agosto 28, 2017

Café especial: Léo Moço é o campeão brasileiro de baristas de 2017



Léo Moço é o campeão brasileiro de baristas de 2017

Com o título, profissional do Café do Moço, de Curitiba (PR), será o representante do Brasil no Campeonato Mundial, que ocorrerá em Seul, na Coreia do Sul

Após três dias de disputa e emoção, em um ambiente turístico e com programação cultural voltada aos amantes de cafés especiais e da boa música, Léo Moço, profissional do Café do Moço, de Curitiba (PR), sagrou-se campeão do 16º Campeonato Brasileiro de Baristas e será o representante do Brasil na competição mundial da categoria, que ocorrerá em Seul, na Coreia do Sul, entre 9 e 12 de novembro, durante a feira Café Show 2017.

O segundo lugar ficou com a barista Martha Grill, do Octavio Café, de São Paulo (SP), e a terceira colocação com Thiago Sabino, do IL Barista Cafés Especiais, também da capital paulista. A competição é uma realização da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), como ação do projeto setorial "Brasil. A Nação do Café". A competição mais tradicional destinada aos baristas no País ocorreu de 25 a 27 de agosto, ao longo do festival "São Lourenço Coffee Music", na Estância Hidromineral de São Lourenço, no Sul de Minas Gerais.

Segundo a diretora executiva da BSCA, Vanusia Nogueira, quando a entidade se tornou National Body no Brasil da World Coffee Events (WCE), entidade organizadora de competições entre profissionais do café em todo o mundo, a Associação adquiriu os direitos de realização dos Campeonatos Brasileiros de Barismo, que garantem a participação dos campeões nacionais nas competições mundiais. "É uma satisfação imensa poder trabalhar 'in loco' com nossos baristas, pois são profissionais que contribuem imensamente para a promoção da excelência do café. Todos os competidores tiveram desempenho fantástico. O Léo se destacou e garantiu o título", comenta Vanusia.

A diretora destaca que a intenção da BSCA, ao assumir o compromisso de realizar os campeonatos brasileiros de barismo, foi contribuir para a evolução da profissão no País. "Os baristas são fundamentais para que o café seja cada vez mais valorizado junto aos consumidores finais e a desenvoltura que os participantes demonstraram no campeonato deste ano evidencia exatamente o porquê de sua importância e também que estamos no caminho correto para criarmos uma cultura cada vez mais forte relacionada aos cafés especiais no Brasil", completa.

SOBRE O PROJETO SETORIAL
O "Brasil. A Nação do Café", desenvolvido em parceria pela BSCA e pela Apex-Brasil, tem como foco a promoção comercial dos cafés especiais brasileiros no mercado externo. O objetivo é reforçar a imagem dos produtos nacionais em todo o mundo e posicionar o Brasil como fornecedor de alta qualidade, com utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas no País. O projeto visa, ainda, a expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção nacional de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros.

Iniciado em 2008, a vigência do atual projeto se dá entre maio de 2016 ao mesmo mês de 2018 e os mercados-alvo são: (i) EUA, Canadá, Japão, Coreia do Sul, China/Taiwan, Reino Unido, Alemanha e Austrália para os cafés crus especiais; e (ii) EUA, China, Alemanha e Emirados Árabes Unidos para os produtos da indústria de torrefação e moagem. As empresas que ainda não fazem parte do projeto podem obter mais informações diretamente com a BSCA, através dos telefones (35) 3212-4705 / (35) 3212-6302 ou do e-mail exec@bsca.com.br.

Mais informações para a imprensa
BSCA – Assessoria de Comunicação
Paulo A. C. Kawasaki
(61) 98114-6632 / ascom@bsca.com.br
BSCA - Brazil Specialty Coffee Association
Telefones: (35) 3212-4705 / 3212-6302
E-mail: ascom@bsca.com.br




Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog