A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, julho 18, 2017

LUCIANO AYAN: O vídeo ridículo de Gleisi pedindo ajuda para a Carta Capital é sinal de que eles precisam amar as tetas estatais



Os últimos dias estão sendo pródigos para demonstrar como os petistas não se envergonham de rastejar.  Já não bastasse os esperneios em favor do condenado Lula, agora estamos vendo petistas raspando o fundo do tacho tentando manter seus órgãos de mídia que não agradam o público.
Um exemplo disto está em um novo vídeo de Gleisi Hoffmann – nova presidente do PT – que pede ajuda aos petistas para manter a revista Carta Capital, que está falindo. Daí ela diz que a revista é o “único contraponto” (ou seja, a mesma chorumela de sempre).
Mas se a revista fosse um contraponto de fato à visão hegemônica da mídia, iria atrair uma parcela considerável de leitores e, com isso, anunciantes. Só que a Carta Capital não atrai anunciantes do mercado e ainda perdeu o benefício dos anúncios estatais superfaturados (típicos da era petista). Como resultado, estão afundando.
Veja a que ponto essa senhora consegue descer:
É um fato: sem as verbas estatais, a extrema esquerda não é nada.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog