A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

sexta-feira, janeiro 23, 2015

Ossami Sakamori: Lula poderá ser preso em Portugal.






Hoje vou falar sobre o assunto que já circulou na imprensa portuguesa. A suposta doação ilícita dos portugueses à campanha presidencial da reeleição do Lula. O assunto tomou visibilidade em razão da comentada Assembléia do Portugal Telecom em Lisboa sobre a autorização de venda da operadora portuguesa para a operadora francesa Altice. Para quem não se lembra, o controle da operadora Portugal Telecom, cerca de 90%, pertence a nova Oi brasileira, produto da fusão entre ambas operadoras.


Sobre o assunto da Assembléia que definirá o futuro da Oi, já foi comentado por este blog na matéria anterior.


A notícia da doação da Portugal Telecom para a campanha do Lula na sua reeleição, resumidamente, é que o comitê da campanha do Lula em 2006 teria recebido doação ilegal de $ 2 milhões de euros da operadora portuguesa. A negociação teria sido feito entre o presidente Lula e o presidente da operadora Portugal Telecom Miguel Horta e Costa. Segundo a imprensa portuguesa a transferência do dinheiro teria sido feito via subsidiária da Portugal Telecom em Macau. O ex-presidente da Portugal Telecom Miguel Horta está sendo investigado pela Procuradoria daquele país.


Não foi noticiado pela imprensa até o momento, mas a nossa fonte de Lisboa, confirma que houve repetição da doação na campanha presidencial da Dilma Rousseff, pela operadora Portugal Telecom, ainda em mãos dos portugueses. A doação teria sido feito pela Portugal Telecom para presidente Lula, ilicitamente, $ 2 milhões de euros, para campanha presidencial da Dilma, operacionalizada pelo ex-ministro Antonio Palocci, caixa de campanha da eleição da Dilma em 2010.


Outro assunto que envolve dinheiro ilícito é o depósito de $ 25 milhões feito no Banco Espírito Santo, em espécie. O referido Banco foi liquidado pelo Banco de Portugal (BC português). O Banco de Portugal teria rastreado o depósito atípico em nome do beneficiário Luis Inácio Lula da Silva, então, presidente da República Federativa do Brasil, após diligências feitas na liquidação do Banco Espírito Santo.


O referido depósito de $ 25 milhões teria sido transferido para conta secreta do presidente Lula em Luxemburgo, antes da liquidação do Banco Espírito Santo. A legalidade do depósito está sendo analisado pelo Banco de Portugal em conjunto com a Procuradoria daquele país, por não ter entrado no país de forma declarada. O episódio ficou conhecido como caso "Rosemary" por ela ter transportado aquele volume de dinheiro em malas diplomáticas.


O depósito de $ 25 milhões foi objeto da denúncia do deputado Anthony Garotinho PR/RJ no seu blog, mas não contestada pelas autoridades brasileiras, até hoje. Coincidência ou não, o deputado Anthony Garotinho foi indicado pela presidente Dilma como vice-presidente do Banco do Brasil antes mesmo da nomeação do presidente da Instituição. Será que foi um "tapa boca" na tentativa de sepultar o caso dos $ 25 milhões de euros.


Nestas condições é de supor que é totalmente inconveniente que o cidadão Luís Inácio Lula da Silva, pise no território português sob pena de ser preso para responder perante a Procuradoria daquele país. Se ex-primeiro ministro daquele país José Sócrates foi preso para investigação sobre enriquecimento ilícito, é de se supor que o tratamento não seja diferente para o cidadão Lula.


Lula poderá ser preso em Portugal, sim.


Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog