A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, outubro 13, 2014

SOCIEDADE MILITAR: Aécio Neves já é o vencedor? Se depender das redes sociais SIM. Dilma insiste em posar de heroína dizendo "eu fiz", "eu livrei"...



Se a tendência continuar em apenas 13 dias veremos a capa ao lado em todas as bancas.

"uma posição de heroína, de salvadora da pátria, de manter um discurso repleto de “eu fiz”, com frases como “eu tirei milhões da pobreza” ou “os brasileiros foram resgatados da miséria por LULA e Dilma”, parece não surtir mais efeito. "

Os números antevêem um resultado sombrio para o Partido dos Trabalhadores. Aécio Neves dominou completamente as redes sociais e mantém um discurso sereno, apelando pouquíssimo para críticas ao governo atual. Dilma Roussef, que preferiu uma campanha mais agressiva, deixando propostas de lado e gastando quase todo o tempo disponível na TV para atacar o candidato adversário e seu partido.

A estratégia de Dilma de assumir uma posição de heroína, de salvadora da pátria, de manter um discurso repleto de “eu fiz”, com frases como “eu tirei milhões da pobreza” ou “os brasileiros foram resgatados da miséria por LULA e Dilma”, parece não surtir mais efeito. Em uma de suas frases de praxe a candidata Dilma, usando números manipulados, chega a dizer que havia 50 milhões de indigentes quando o PT assumiu o governo. Ora, ninguém gosta de ser chamado de indigente.

Um dos cartazes de DILMA diz que foi ela quem criou as condições para o Brasil combater a corrupção. Esse chega a soar como PIADA na medida em que o PT tentou inúmeras vezes impedir a CPI da Petrobrás e atrapalhar outras investigações em andamento.



Para explicar esse número rapidamente basta dizer que para ser definido como miserável na época de FHC era necessário ter renda menor que R$ 80. No governo do PT os números foram mudados, miserável passou a ser aquele que tem renda menor que R$ 70 (em 2014 esse número aumentou para R$ 77). A equipe de Dilma manipula dados. O que mudou na verdade foi apenas a definição de indigente, ou miserável.


Ao contrário do que tem ocorrido em relação à campanha de Dilma, a estratégia de Aécio Neves parece surtir melhor efeito. Aécio usa frases curtas, acusa pouco e mostra mais tranquilidade e preparo. 

A maioria dos brasileiros sabe muito bem que FHC deixou um país pronto para crescer nas mãos de LULA. Portanto, essa estratégia do PT de atacar FHC tem soado muito mal aos ouvidos do eleitor.

Nos últimos anos a maioria das grandes questões políticas tem sido significativamente influenciadas pelas redes sociais, e nesse quesito o candidato tucano parece ter maior êxito. Enquanto Dilma Roussef tem 1.4 milhões de seguidores no facebook, Aécio Neves tem quase o dobro, 2,5 milhões. Os seguidores de Aécio parecem também vencer no quesito participação, enquanto Aécio tem 4,5 milhões de pessoas alcançadas pelas postagens, Dilma tem menos da metade disso, cerca de 2,1 milhões de pessoas.

Esses resultados são inesperados para quem acompanhou a movimentação do Partido dos Trabalhadores há alguns meses, promovendo um grande encontro de blogueiros e web designers, justamente para realizar um grande adestramento sobre engajamento virtual e estabelecimento de estratégias conjuntas. A militância de Aécio Neves não foi organizada em nenhum congresso, as pessoas aparentemente se engajaram voluntariamente em sua campanha, sem nenhum tipo de remuneração.

Aécio Neves está atualmente em vantagem, mas não pode descansar. Seu desafio maior no momento é conquistar os eleitores mais afastados da grande rede.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog