A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, outubro 20, 2014

Café especial: 100º Cup of Excellence tem 21 vencedores


- O campeão foi o café produzido por Cândido Vladimir Ladeia Rosa, na Chácara Ouro Verde, na Chapada Diamantina;

- Cinco regiões tiveram cafés entre os ganhadores, os quais participarão de um disputado leilão online, no dia 26 de novembro, e poderão receber preços muito acima dos valores do mercado.

A cerimônia de premiação da 100ª edição mundial do Cup of Excellence, correspondente ao 15º Cup of Excellence – Early Harvest Brasil 2014, revelou que os cafés cerejas descascados e/ou despolpados (via úmida) produzidos por 21 produtores tiveram notas superiores a 85 pontos (escala de 0 a 100) e se sagraram vencedores do certame. O campeão foi o lote do cafeicultor Cândido Vladimir Ladeia Rosa, da Chácara Ouro Verde, em Piatã (BA), na Chapada Diamantina, com 94,05 pontos. Com a vitória, o produtor obteve seu bicampeonato, já que sua primeira conquista ocorreu no concurso de 2009.

O segundo colocado foi Antonio Rigno de Oliveira, da Chácara São Judas Tadeu, com 93,36 pontos. Em terceiro lugar veio a produtora Zora Yonara Macedo Pina Oliveira, da Chácara Tijuco, com 92,26 pontos e, na sequência, Eulino José de Novais, da Fazenda Santa Bárbara, com 90,14 pontos. Em comum, os quatro primeiros colocados possuem o fato de produzirem café por via úmida em Piatã, na Chapada Diamantina, região que emplacou nove amostras entre as 21 vencedoras do certame. Além disso, com notas superiores a 90 pontos na escala de 0 a 100 do Cup of Excellence, esses quatro lotes obtiveram o troféu de cafés presidenciais.

A lista de ganhadores do principal concurso de qualidade para cafés cerejas descascados e/ou despolpados do Brasil, realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA, sigla em inglês) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE), com apoio do Sebrae, é completada por oito cafés cultivados por produtores nas Matas de Minas (MG), dois na Mantiqueira de Minas (MG), um no Cerrado Mineiro (MG) e um nas Montanhas do Espírito Santo (ES). O resultado completo está disponível no site da BSCA (http://bsca.com.br/pdf-folder/resultado_cup_fase_internacional.pdf). A cerimônia de premiação foi realizada na noite de sexta-feira, 17 de outubro, no Espaço Acadêmico-Cultural Fernando Sabino, da Universidade Federal de Viçosa (UFV), instituição anfitriã do evento.

Os 21 vencedores participarão, no dia 26 de novembro, de um disputado leilão, via internet, no qual os principais compradores de todo o mundo voltam seus olhos ao Brasil para disputar os melhores cafés nacionais produzidos, por via úmida, na safra 2014. Nos pregões dos concursos anteriores, os ganhadores brasileiros negociaram cada uma de suas sacas (60 kg) por preços que oscilaram entre R$ 1.000 e R$ 15.000, níveis muito acima dos valores praticados no mercado comum.

INTERESSE E ELITE MUNDIAL
Por se tratar de uma ocasião especial, a 100ª edição do Cup of Excellence foi um atrativo a todos os setores da cafeicultura global. Para a composição do júri internacional do concurso, foi selecionada a elite mundial dos profissionais de prova e classificação, com 23 juízes vindos das Américas do Norte e Sul, Europa, Ásia e Oceania. Além disso, o evento foi acompanhado in loco por cerca de 10 profissionais de diversos veículos da imprensa de todo o mundo e por muitas autoridades da cafeicultura brasileira e internacional.

CARBONO ZERO
Para esta edição especial do certame, a BSCA contou com o apoio da Universidade Federal de Viçosa por meio de uma iniciativa marcada pela mesma preocupação ambiental existente na produção dos cafés no Brasil. Através do projeto "Carbono Zero", coordenado pelo Departamento de Engenharia Florestal da UFV, foram plantadas 89 árvores de espécies nativas em áreas que se encontram em recuperação ambiental e nas propriedades rurais de produtores parceiros da Universidade para que se faça a compensação de toda a emissão de gás carbônico gerado pelo 100º Cup of Excellence.

Além disso, a programação oficial contou com várias novidades, as quais envolveram uma apresentação do programa Carbono Zero da UFV, visitas ao museu e aos laboratórios de pesquisa da Universidade e também às fazendas produtoras de cafés especiais Serra do Boné, Pedra Redonda e Braúna, em Araponga (MG), e Casa Nova, em Ervália (MG). Foram realizados, ainda, workshops sobre o sistema de produção de cafés especiais no Brasil, o mercado consumidor e "Cuppers and Coffee Grower", este último ministrado pelo conceituado professor Flávio Meira Borém, do Departamento de Engenharia da Universidade Federal de Lavras (Ufla).

AUDITORIA E APOIO INSTITUCIONAL
A 100ª edição mundial do Cup of Excellence foi auditada pela Safe Trace Café e contou com o apoio institucional da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), da CarmoCoffees, do Centreinar, do Centro de Excelência do Café das Matas de Minas, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé) e do Conselho Nacional do Café (CNC).

Observação: a foto do vencedor está disponível na fanpage da BSCA no Facebook. Link para acesso direto: https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xap1/t31.0-8/10658873_730975910304866_1428049370592582597_o.jpg.

Mais informações para a imprensa
BSCA – Assessoria de Comunicação
Paulo A. C. Kawasaki


Nenhum comentário:

Arquivo do blog