A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, setembro 09, 2014

LUCIANO AYAN: Talento e cinismo em escala épica: Gilberto Carvalho diz que culpa do Petrolão é do “financiamento privado de campanha”





Isso é que é esperteza! Como eu já disse anteriormente, os líderes petistas dissimulam além de qualquer padrão conhecido pelo eleitor brasileiro. É verdadeiramente uma elite de embusteiros: um “ativo” de logros que nenhum outro partido possui.

Diante de mais um caso grotesco de corrupção, qualquer pessoa normal ficaria envergonhada, de cabeça baixa. Com Gilberto Carvalho, ocorre exatamente o contrário: ele tenta usar o caso para obter o maior ganho possível para o PT. O truque agora é dizer que “o governo é incapaz de combater a corrupção”. Seria de se perguntar: “Por que o governo não consegue parar de realizar atos de corrupção?”. Até por que todos os beneficiários foram da base aliada do governo. Em síntese, o truque da “incapacidade” não cola.

Se fosse assim, um estuprador deveria ser considerado “incapaz” de se controlar, portanto a culpa seria de suas vítimas por não usarem cinto de castidade. Pensando bem, é melhor não dar ideia…

Claro que a desculpa é repugnante. A maior afronta, porém, vem abaixo, conforme matéria da Veja:


Enquanto houver financiamento empresarial de campanha e as campanhas tornarem-se o momento de muita gente ganhar dinheiro e de se mobilizarem muitos recursos, eu quero dizer: não há quem controle a corrupção enquanto houver esse sistema eleitoral. Isso é com todos os partidos. Não há, infelizmente, nenhuma exceção.

Para começo de conversa, é mentira que “isso é com todos os partidos”. Ao contrário: não há um partido que consiga aglutinar tantos escândalos de corrupção quanto o PT. Simplesmente eles já podem contatar o Guinness.

Tanto é verdade que o PT não pode ser superado em termos de corrupção que até a própria desculpa de Gilberto é mais uma forma de garantir ao governo o privilégio de usar o estado em benefício próprio, o que é a essência da corrupção.

Quando ele fala em “proibição de financiamento empresarial de campanha”, nada mais nada menos pede que todos os demais partidos políticos fiquem à míngua no que diz respeito às verbas privadas de empresas. Todavia, o governo continua controlando as estatais, ou seja, consegue obter muito mais verba para obtenção de apoio político. Decididamente estamos diante de uma raposa querendo tomar conta do galinheiro.

A caradura de Gilberto fica ainda mais evidente ao notarmos que a Petrobrás nem sequer entra na lista dos financiadores de campanha, até por ser proibida por lei de fazê-lo. Logo, não faz o menor sentido colocar a culpa em “financiamento empresarial de campanha” para justificar as atrocidades cometidas contra a Petrobrás e o povo brasileiro.

Como já disse, isso ultrapassa todos os limites conhecidos de cinismo. E quando eu falo de elite psicopática, é exatamente a isto que me refiro: quando comparamos partidos e projetos totalitários de poder, há um outro partido com um time capaz de dissimular na mesma medida em que o PT? É só olhar o discurso de Gilberto Carvalho e buscar similares em outros partidos. E temos que lembrar que além dele temos Tarso Genro, Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo, José Dirceu e Luis Inácio Lula da Silva.

É muito talento concentrado em um partido só para a prática de fraudes intelectuais em larga escala. Chego a dizer que este é o maior motivo para os tirarmos do poder.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog