A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quinta-feira, setembro 14, 2006

CACHAÇA DE QUALIDADE: ORGULHO NACIONAL

Primeira turma de especialistas na excelência de produção de cachaça do país é de Brasília


Na sexta-feira, dia 15 de setembro, Brasília passa a contar com os primeiros especialistas em excelência na produção de cachaça no país. Os 23 alunos do curso de Pós-Graduação em Produção de Cachaça, realizado pela Faculdade da Terra de Brasília (FTB), comemoram a conclusão do curso em um evento que contará também com a presença de parceiros e importantes apoiadores, como a Embrapa, a UnB e a Confraria Clube da Cachaça. “Eles são os primeiros especialistas nacionais em um produto que movimenta mais de 2 bilhões de dólares por ano”, afirma Brener Marra, coordenador da pós-graduação.
A busca da excelência na produção da cachaça já tem resultados. Um grupo formado por quatro pesquisadores, entre eles o professor Brener, coordenador da pós-graduação, desenvolveram um tratamento para remover da cachaça as substâncias tóxicas que causam ressaca, dor de cabeça e mau hálito. E, ainda melhor, diminui o valor calórico da bebida. “A redução do valor calórico é uma conseqüência, o maior ganho é tirar as substâncias tóxicas. Assim é possível consumir um produto de excelente qualidade sem os efeitos normais”, explicou Marra.
Brasília, que já se destaca no mercado consumidor dessa cachaça de qualidade, agora também pode contar com profissionais e pesquisa de ponta para atender esse mercado de 65 milhões de consumidores, que tende a crescer.

Data: 15 de setembro - Horário: a partir de 20 horas
Local: Churrascaria Porcão


Mais informações:
Neri Accioly – assessoria de imprensa FTB
Interagência Comunicação
(61) 3039-3861 / 8158-9815

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog