A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, novembro 03, 2004

Safra de soja recorde terá 20% de transgenia, prevê o governo

A safra 2004/2005 poderá ser recorde mesmo com o crescimento menor do que o esperado da área plantada. A primeira estimativa de intenção de plantio para a próxima safra foi divulgada ontem pelo ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues. A previsão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) indica uma colheita entre 128,883 e 130,895 milhões de toneladas, o que significa um crescimento de 8,1% a 9,76% em relação aos 119,3 milhões de toneladas colhidas na safra 2003/04.
A área plantada, porém, deve ficar entre 47,925 milhões e 48,608 milhões de hectares, crescimento, em termos absolutos, de 378,9 mil a 1,062 milhão de hectares na comparação com a safra anterior. O plantio ficou abaixo das expectativas do governo, que previa inicialmente aumento de 3 milhões de hectares. Nas últimas semanas, a aposta era de aumento de 2 milhões de hectares, mas a estimativa da Conab ficou bem abaixo dessa previsão. “A estimativa mostra que os produtores têm clareza de que haverá redução de renda em 2005”, avaliou Rodrigues, ao comentar a previsão.
Ele enumerou o aumento dos custos de produção - principalmente alavancados pelas cotações do petróleo e do aço - e a queda nos preços internacionais das principais commodities como fatores que reduziram a intenção de plantio. Para a safra, ele também admitiu que haverá queda no padrão de tecnologia das lavouras. “Só em fertilizantes, haverá queda de um milhão de toneladas no consumo”, estimou. Para o ministro, a redução da renda agrícola em 2005 estará localizada no segmento de grãos, que respondempor 40% do PIB agrícola. Outros setores, como café, suco de laranja, açúcar e carnes, não terão a mesma redução, avaliou.
Apesar desse cenário, o ministro comentou que, se o clima ajudar, a produção agrícola será recorde em 2004/05. O clima é fundamental para que a estimativa se confirme. Em outubro de 2003, quando divulgou o primeiro número para a safra 2003/04, o governo estimou colheita de até 127,741 milhões de toneladas de grãos, previsão que foi reduzida por conta da ferrugem asiática que atacou as lavouras de soja e do clima adverso.
A maior parte da área plantada na safra 2004/05 será de soja. Os agricultores cultivarão entre 22,003 milhões e 22,483 milhões de hectares. A Conab indica colheita entre 59,518 milhões e 60,808 milhões de toneladas, contra 49,770 milhões de toneladas na safra anterior. Se confirmados, os números ficarão dentro da expectativa que o governo tinha, inicialmente, para a soja no ano-safra anterior. A previsão inicial do governo era de colheita de até 58,021 milhões de toneladas de soja, mas a ferrugem e o clima provocaram a perda de quase 10 milhões de toneladas na safra passada, lembrou Rodrigues.
A safra 2004/05 terá um aumento na participação de sementes geneticamente modificadas. Segundo estimativas do Ministério da Agricultura, 20% da soja brasileira será transgênica - aproximadamente 12 milhões de toneladas - ante 18% na safra 2003/2004. A maior parte da plantação estará concentrada no Rio Grande do Sul, mais de 7 milhões de toneladas.

Fonte: Agência Estado

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog