A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, maio 05, 2015

Merval Pereira: É preciso investigar os acordos internacionais patrocinados por Lula






O fato de a procuradora que investiga Lula ter dito que não há provas contra ele não quer dizer muita coisa porque é investigando que se chega a elas. E houve um motivo para abrir a investigação. O que se acusa o presidente é de fazer lobby para empreiteiras, para a Odebrecht principalmente, para ajudá-las a fazer obras no exterior. 

A questão é que o BNDES tem uma série de contratos com governos estrangeiros que são protegidos por sigilo e ninguém conhece as normas: por que foram feitos os empréstimos, se há garantias, quais os interesses brasileiros em determinadas obras. 

A Odebrecht é muito próxima a Lula, leva o ex-presidente para palestras internacionais, mas sempre com interesses específicos, sempre para países onde tem obras a serem realizadas.Se o empréstimo do BNDES for justificável, se a obra for do interesse do Brasil, a investigação acaba não dando em nada. Mas é preciso investigar o que há por trás desses acordos internacionais patrocinados pelo Lula, se há algum interesse direto do Lula, ou do PT. 

O Brasil não teve nenhum ganho com o porto de Mariel, em Cuba. Quem vai operá-lo é uma empresa de Cingapura; só quem ganhou foi a Odebrecht. O resto não tem nenhum interesse para o Brasil. Por que o governo brasileiro vai financiar uma empreiteira para fazer obras no exterior, quando aqui tem tanta obra para fazer. O sigilo desses contratos é estranho.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog