A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, março 31, 2015

Ossami Sakamori: Lula e Dilma são simples arrombadores de cofres públicos.



Não aguento mais ouvir falar do Foro de São Paulo respaldando os atos da facção criminosa comandada pela dupla Lula e Dilma. Nada disso é verdadeiro. 

O Foro de São Paulo surgiu em julho de 1990, durante uma visita feita por Fidel Castro a Lula em São Bernardo do Campo à convite do Partido dos Trabalhadores. O Foro de São Paulo foi formalizada quando 48 organizações de esquerda da América Latina e do Caribe. O terrorismo baseado em Foro de São Paulo é vendido pelo sociólogo brasilianista Olavo Carvalho, voluntariamente refugiado nos EEUU, como se fosse seu produto exclusivo. 


O objetivo inicial do Foro de São Paulo, segundo wikipédia, visava debater a conjuntura internacional pós queda do Muro de Berlin em 1989 e elaborar estratégias para fazer face ao "embargo" dos Estados Unidos a Cuba. Também, o objetivo do Foro de São Paulo era aprofundar o debate das propostas de unidade de ação na luta contra "anti-imperialista" e debater os problemas econômicos, políticos, sociais e culturais que a esquerda enfrenta no continente americano. 


O Foro de São Paulo foi criado em 1990, portanto 13 anos antes da posse do Lula na presidência da República Federativa do Brasil. O ideal foi se esvaindo com o tempo. De lá para cá, muitos países que faziam parte do Foro de São Paulo foram abandonando o "anti-imperialismo" e aderindo aos pactos econômicos e militares com os EEUU, como aconteceu com o Chile Peru e Colômbia. Do México, nem se comenta porque faz parte do NAFTA, um tratado comercial que envolve Canadá, EEUU e México.


Neste ano, o Foro de São Paulo vai perder o seu idealizador, o Fidel Castro, que sucumbiu aos encantos do Barack Obama e vai estreitar relações diplomáticas e comerciais com os EEUU. Um dos objetivos principais do Foro era resolver o problema de embargo dos EEUU a Cuba, que na prática, vai terminar no próximo mês, com o reatamento diplomático de ambos países já anunciado.


O sociólogo Olavo de Carvalho com muitos seguidores nas redes sociais no Brasil, com residência permanente nos EEUU, aproveitando-se do clima de instabilidade política no Brasil, vem promovendo suas palestras pelo EEUU a fora, ganhando dinheiro como nunca. No entanto, ele é covarde suficiente para não combater o governo do PT de dentro do território brasileiro. Prefere ele ser brasilianista, na zona de conforto, ao contrário dos que aqui permanecem enfrentando a facção criminosa com a cara e coragem, correndo risco de vida.


Dizer que Lua e Dilma defendem o ideário do Foro de São Paulo é como dizer que Fernandinho Beira Mar ou Marcola do PCC pratica "socialismo" nos enclaves (favelas) que eles dominam. O ideário do Foro de São Paulo é defendido pelo José Mujica, ex-presidente do Uruguai. Comparar a vida espartana e reta do José Mujica com os nossos chefes da facção criminosa do Brasil Lula e Dilma é uma afronta.


Dilma e Lula não defendem ideologia nenhuma. Eles não são nem socialistas e nem comunistas, muito menos defende o ideário do Foro de São Paulo. Até porque o ideário principal do Foro de São Paulo já caiu por terra com o estreitamento de relações diplomáticas e comerciais entre EEUU e Cuba. Dilma e Lula não passam de assaltantes comuns travestidos de políticos. Eles se igualam aos arrombadores de caixa eletrônicas de bancos. 


Dilma e Lula são chefes de uma facção criminosa que assaltam os cofres públicos, não mais em R$ milhões, mas sim em R$ bilhões. Só não quer enxergar o fato quem não quer. Eles são assaltantes de cofres públicos ao estilo Bonnie & Clayde. A Operação Lava Jato que investiga esquema de ladroagem na Petrobras mostra claramente isto. Classificar as ladroagens de cofres públicos da dupla, como parte do ideário do Foro de São Paulo é legitimar o esquema de ladroagem que ambos vem praticando nos últimos 12 anos. Pelo menos Bonnie & Clyde do filme americano tinha charme e encanto.


Quem diz que Lula e Dilma comandam as ladroagens por algum ideário político é uma afronta à inteligência de qualquer ser humano. Não somos antas. As antas são eles. Ou melhor eles são larápios! Lula e Dilma são meros ladrões, bandidos e canalhas que achacam o bolso do contribuinte brasileiro, dia e noite. Não vamos mais aceitar encobrir a ladroagem dos cofres públicos com rótulo de Foro de São Paulo! 


Até quando vamos nos submeter aos assaltos aos nossos bolsos? Até quando Lula e Dilma vão nos fazer passar vergonha perante o mundo, tendo como chefe da nação praticante de crime de ladroagem? Ao invés de tentar achar justificativas para os atos criminosos não devemos dizer basta? As manifestações públicas foram feitos para demonstrar a nossa indignação. Vem pra rua no dia 12 de Abril !






Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog