A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

sábado, março 21, 2015

Humberto de Luna Freire Filho: O Day After






Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Humberto de Luna Freire Filho


Guardei com muito carinho o vídeo do espetáculo circense oferecido ao "respeitável público" no último dia 18 pelo nosso Congresso Nacional. Um espetáculo de baixaria proporcionado por dois nobres representantes da podre, aética e imoral atual política brasileira e que, sem dúvidas, consolida ainda mais a degradação do Poder Legislativo, formado em sua maioria por incompetentes, corruptos e ladrões do erário, que se vendem à melhor oferta. Tenho vários amigos e parentes nos EUA e na Europa, e, após pensar bem e pedir a todos muitas desculpas, achei por bem lhes enviar o vídeo pornográfico. Afinal eles estão morando fora do país, mas também são brasileiros.


O espetáculo protagonizado no dia dezoito teve representantes das duas mais corruptas facções do governo: o Executivo e o Legislativo. O do Executivo, até então ministro da Educação, o senhor Cid Gomes. Segundo o protagonista do Legislativo, ele não tem educação. Acrescento eu, lhe faltam também moral, ética e honestidade. Essa figura, há poucos dias, declarou que havia de 300 a 400 "achacadores" no Congresso. É o sujo falando do mal lavado. Pergunto, que moral tem esse elemento para falar alto após ter contratado uma artista, Ivete Sangalo, por R$ 650.000,00 reais para um show na inauguração de um hospital público no interior do estado do Ceará? E mais, quando aluga um jato, reúne toda a sua família e parte para explorar a Europa por conta dos cofres públicos?


Na outra ponta do espetáculo, o representante do Legislativo, nada mais nada menos do que o presidente da Câmara dos Deputado, imaginem só, o terceiro homem na linha sucessória para ocupar o cargo de Presidente da República, e que está atolado até o pescoço na operação Lava-Jato que investiga a podridão na Petrobras. Confesso com toda a sinceridade que, se eu fosse deputado, pediria perdão aos meus eleitores e renunciaria. Jamais me adaptaria a esse ambiente de total corrupção, mal caratismo e pouca vergonha. Moral tem que estar acima de tudo e esse predicado, naquele antro, passou longe.


As manifestações do dia 15 passado pediam o Impeachment da dona Dilma. Não deixa de ser um ato constitucional. O problema será o "day after". É verdade que tudo o que aí está tem que ser mudado. Porém ficam as seguintes perguntas: em primeiro lugar, se nada muda, continuaríamos por mais quatro anos com os desmandos dessa anta que nos governa? Em segundo lugar, se a presidente e seu vice forem afastados, assumiria o presidente da Câmara? Ele é o terceiro na linha sucessória, mas está com pé direito no portão da Papuda. O quarto na linha sucessória é o presidente do Senado, um indivíduo mais podre do que o terceiro, e que já não está há mais de oito anos apodrecendo na cadeia porque o Brasil realmente não é um pais sério. Aqui só vai para a cadeia PPP - preto, pobre e puta; se tiver dinheiro passa na Papuda só para conhecer, depois vai para casa gastar o dinheiro roubado e rir da nossa cara. Agora, dá para imaginar quem seria o quinto na linha sucessória? O atual presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o senhor Ricardo Lewandowski.


Esse ministro dispensa comentários, já é conhecido de todos pela sua coragem, imparcialidade e independência com relação ao poder Executivo. Nunca visitou o Palácio do Planalto; afinal não deve muito à criatura, preferia ficar lá por São Bernardo do Campo e receber ordens do criador (ao qual ele deve muito), sobre como deveria agir na condução da ação Penal 470, mais conhecida como mensalão. Em vista de tudo isso, tomei uma decisão; não vou mais pedir o Impeachment da presidente, vou pedir muitos anos de vida para ela de preferência à frente do governo.


"Viva a presidenta" e que sobreviva o Brasil, mesmo com a troca da bandeira para vermelho, já que as nossas FFAA dormem em berço esplêndido e fazem vista grossa à nossa Constituição, a qual tem a obrigação de garantir e defender juntamente com a nossa integridade territorial. 


Nossas fronteiras Norte estão apagadas; Roraima tornou-se terra de ninguém. Falo com conhecimento de causa, porque lá estive e até paguei pedágio para índio porque, segundo eles, lá é terra do povo indígena. Dentro das nossas fronteiras, eu só reconheço um povo, o povo brasileiro. A fronteira do Brasil com a Colômbia tornou-se o maior entreposto de venda de drogas do mundo, além de entrada de armas de grosso calibre para alimentar milícias, leia-se MST. Enquanto isso, o governo faz vista grossa e desarma o cidadão de bem. A fronteira do Acre com a Bolívia é zona livre para a entrada de haitianos, que vem engrossar o "exército" do coronel Stédile que atende ordens do general Lula.


Onde está nossa polícia aduaneira? há poucos meses, desembarcou em São Paulo um bando de milicianos da Venezuela para fazer manifestação junto ao MST, na cidade de Guararema. Onde estava o Itamaraty? Dormindo ou conivente quando o Ministro de Comunidades e Movimentos Sociais da Venezuela, um tal de Elias Jaua, invadiu nosso território e foi ao Rio Grande do Sul firmar acordo de cooperação com o Movimento dos Sem Terra (MST)?. Uma instituição que na verdade nunca existiu, não passa de uma leva de bandidos comandada por um não menos bandido, que acaba de passar uma semana na Venezuela convocando bolivarianos de toda a América do Sul para lutarem contra o Brasil caso a presidente caia. Essa "coisa" deveria, ao voltar ao país, ser preso e julgado por crime de lesa-pátria 


O Brasil hoje vive uma situação bem mais ameaçadora para a sua democracia do que em 1964. Hoje, a esquerda radical já está no governo e extremamente organizada. Uma verdadeira Máfia com raízes profundas nos Três Poderes da República, capaz de fazer inveja a todos os mafiosos vivos e também aos mortos. Aparelhou o Estado com 75.000 cargos de confiança, dados a incompetentes e corruptos, mas leais ao partido e municiados com altos salários. Abarrotou os cofres com dinheiro roubado das empresas estatais, hoje deficitárias, Petrobras, BNDES, Banco do Brasil e abriu conta em paraísos fiscais.


Fez sociedade com uma dúzia de grandes empresas que atuam em setores estratégicos da economia e que pertencem ou são dirigidas por empresários corruptos com a finalidade de manter um constante fluxo de caixa para o partido. Calou a boca dos remediados através de falsos programas de inclusão social. Esmaga a classe média com altos impostos e tenta segregá-la, criando castas de minorias privilegiadas que tentam ditar normas para as maiorias, jogando brasileiros contra brasileiros. Calou a imprensa com a propaganda oficial superfaturada. Sucateou e tenta desmoralizar as FFAA nomeando para ministro da Defesa gente do naipe de Celso Amorim, que desmoralizou o Itamaraty, e, na atual gestão, nomeou para Defesa um bêbado incapaz de defender a própria casa.



Humberto de Luna Freire Filho é Médico.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog