A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, dezembro 17, 2014

Felipe Moura Brasil: Software do governo contra crimes de ódio na internet é arma de propaganda e censura. Imprensa vai ajudar?

Veja este subtítulo de um blog do Estadão:




O anúncio do software do governo que supostamente vai mapear a ocorrência de crimes de ódio na internet já sai na imprensa com uma propaganda governista em destaque, em favor da ofensora inicial Maria do Rosário (PT-RS) e obviamente contra Jair Bolsonaro (PP-RJ), que reagiu a ela. (Veja post anterior.)

De acordo com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), um rapaz postou foto em uma rede social “ameaçando a deputada Maria do Rosário de estupro”. Que rapaz? Qual é o nome dele? Foto de quê? Em qual rede? Cadê o print? Não tem!


‘Já está na hora de tirar esses crimes da rede’, diz Ideli Salvatti. Ela vai começar pelos MAVs do PT?

Ou seja: basta a ministra da SDH, Ideli Salvatti, vitimizar uma petista com um suposto crime associado à fala de um adversário político que os jornalistas da Agência Brasil aceitam o exemplo sem cobrar as devidas provas. Ideli saiu do Ministério da Pesca para pescar adversários do PT navegando nas redes. A imprensa inteira vai cair no jogo?

“Mais dois casos”, segundo a matéria, “tratam de um site nazista e outro que prega a violência contra mulheres.” Nazista é como os militantes virtuais do PT (os “MAVs”) chamam os críticos do partido. Violência contra mulheres foi um dos alvos da campanha da presidente Dilma Rousseff à presidência. Tudo isso é propaganda para mostrar como o governo é bonzinho (e só quer controlar a internet para o nosso bem, é claro).

Ou você acha que a SDH citaria crimes de ódio contra Jair Bolsonaro, Aécio Neves, Olavo de Carvalho (que Jandira Feghali chamou de “fascista”) e colunistas da VEJA? Na dúvida, ofereço para análise alguns prints dos xingamentos e ameaças que recebo diariamente.

Ideli ainda vai “documentar, avaliar os três casos” e “dar os encaminhamentos cabíveis, no sentido de tirar do ar, encaminhar para inquérito da Polícia Federal ou para providências do Ministério Público Federal” - não duvido que sem exibi-los à imprensa -, mas eu mostro os meus!

Pois é. Chega de ódio. Vou aguardar sentadinho Ideli encaminhar esses meus casos à Polícia Federal, quem sabe junto aos e-mails que avisavam Dilma e Graça Foster do Petrolão.


Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog