A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quinta-feira, outubro 23, 2014

LUCIANO AYAN: Como o Efeito Calígula pode acabar com o PT nessas eleições?






Querem ajudar a garantir a vitória de Aécio nesta eleição?

Aqui está a dica. Mas para compreendê-la é preciso relembrar o filme “Calígula”, dirigido em 1979 por Tinto Brass. Aqui falarei do Efeito Calígula:

Eu sei que alguns dizem que é um pornozão, mas é uma injustiça. São só alguns minutinhos de cenas pornô em um filme de quase 3 horas de duração.

O melhor é encontrar a mensagem que o filme transmite, desde sua abertura com a frase: “de que adianta alguém conquistar o mundo e perder sua própria alma?”. Basicamente, o filme fala de um governante que perdeu sua legitimidade devido ao poder ter subido à sua cabeça, além, é claro, dele ser um baita de um psicopata. Quem assistiu o filme, lembra que era só barbárie atrás de barbárie. Porém, o ditador começou a ser percebido cada vez como mais depravado pelos seus súditos. No “clímax” do filme, ele abre um bordel forçando as esposas de seus adversários políticos do Senado a se prostituírem. Só que mesmo sendo um ditador, isso foi aumentando continuamente a indignação de seus aliados e oponentes, até ser degolado pelos primeiros.

Não estou propondo uma degola aqui, evidentemente, mas tentar entender o fenômeno que leva um líder que expõe uma moral digna do esgoto da psicopatia a perder espaço por baixeza moral. Quando um indivíduo ou grupo alcança este estágio digo que ele está sob Efeito Calígula.

Quer dizer que depois que tudo o que o PT fez nessas eleições, independentemente do resultado, eles não tem mais moral de estar na presidência. É só prestarmos atenção com parcimônia ao que ocorre nessas eleições para notar que, para conseguir se aproximar do PSDB (segundo o Datafolha, o PT teria superado por ligeira vantagem, o que é duvidoso) e aumentar a taxa de rejeição do oponente, o partido fez tudo. Tornou-se moralmente podre, e fez a campanha mais suja da história política nacional.

Perto da campanha do PT nesta eleição, a baixaria feita por Collor contra Lula em 1989 vira fichinha. O partido foi para o fundo do poço. A sensação que temos ao ver a campanha é a mesma que temos diante das barbáries praticadas por Calígula. Enfim, o PT “perdeu” sua alma. Como diria Olavo de Carvalho, a campanha do PT é coisa para fazer os porcos vomitarem.

Na Internet, a coisa está neste nível:





Aliás, falamos de um filósofo que é funcionário público de universidades aparelhadas… pelo PT. Por que não estou surpreso? É esse o tipo de gente que constitui o batalhão de militantes do PT. E olhem que eu peguei apenas um exemplo mais “light”.

Em tempo: qualquer pessoa normal e em sã consciência sabe que uma mulher belíssima e inteligente como Letícia Weber daria um chute nos fundilhos de qualquer homem que a agredisse, até por que, como já disse, ela é uma mulher que pode escolher o homem que quiser. Será que esse pessoal do PT que está baixando o nível da coisa ao afirmar que Aécio “agride mulheres” notou o absurdo que estão dizendo? Será que eles notam o quanto estão se rebaixando? Eles sabem o quanto são uma verdadeira escória moral ao agirem assim?

Não, eles não notam isso, pois eles estão na posição de um exército de recebedores de verbas (ou ao menos puxa-sacos) do PT. Eles estão no mesmo esgoto que o partido. Só nós, do lado de fora de sua psicopatia ou psicose, somos capazes de notar o quanto eles se rebaixam.

Mas aí é que temos o pulo do gato: se eles estão sob o Efeito Calígula, abre-se uma oportunidade fantástica para a reta final desta eleição. Explorar a podridão moral de toda essa gente, especialmente Dilma e Lula. Ou por que vocês acham que Dilma trouxe a questão da Lei Maria da Penha em um debate? Por que ela contou com um exército de militantes dizendo na Internet, sem provas, que “Aécio agrediu sua esposa”. Provas? Não possuem.

Diante do Efeito Calígula, basta levar definitivamente o debate para a esfera moral. Basicamente, é só apontar a imoralidade de tudo que o PT tem feito, caprichando no shaming.

Exemplos do questionamentos:

É moral uma candidata/partido que faz chantagem com todos os que recebem Bolsa Família?

É moral uma candidata/partido que elogia FHC e Aécio, e depois pratica assassinato de reputações contra eles?

É moral uma candidata/partido que tenha tentado jogar nordestinos contra paulistas apenas por motivos eleitoreiros?

É moral que uma candidata/partido dependa de mentiras criadas por militantes de Internet para tentar angariar votos?

É moral que uma candidata/partido se finja de vítima por ter sido chamada de leviana, quando na verdade esta mesma candidata chegou ao nível da violência psicológica contra Marina, dizendo que esta última não poderia chorar se quisesse ser presidente?

A lista que podemos fazer é enorme…

E finalmente ocorreu algo que eu vinha pedindo há muito e muito tempo. Eu dizia que Aécio deveria começar a falar para a câmera e mandar a equipe que faz seu programa de TV tirar férias.

Simplesmente, esse pessoal da campanha de TV do Aécio foi uma verdadeira âncora para o candidato. Mais um motivo pelo qual eu digo que a vitória de Aécio será contra o PT e contra a campanha de TV feita para ele. Digo mais: a partir destas eleições, todo aquele participante de uma campanha política que não entenda o significado da expressão desconstrução (do oponente) é teu inimigo. Simples assim. Se alguém aparecer e dizer “olha, não vamos nos defender de ataques, vamos só propor ideias, ok?”, você já pode rotular como inimigo. Essas eleições marcaram o fim da ingenuidade política, que a partir de agora deve se tornar um crime moral.

Uma interlúdio: para o pessoal que atuou nessa campanha de TV do PSDB, vocês estão de parabéns no quesito técnico. Mas no quesito político, simplesmente foi uma afronta. Para vocês, é hora de mudar a forma de pensar a política. Não é justo com o povo brasileiro que só o PT tenha atacado primeiro em todas as questões, e que vários ataques tenham ficado sem resposta, e, pior ainda, que vários ataques proativos não tenham sido feitos. Vamos dizer que aqui a campanha do PSDB pode ser criticada por visualizar a política de forma romântica, como não existe mais. Mas a partir do final das eleições, fazer isso deveria ser chamado, como já disse, de crime moral.

Mas, enfim, o programa de TV de hoje, por ele ter feito o que sugeri (não sei se ele leu este blog ou se as preces de um ateu, como eu, foram ouvidas) começa a ir na mesma toada que eu proponho:




Eu acho que é um ótimo começo. E dá para ir aumentando o tom. E isso é o que eu chamo de aproveitar-se do Efeito Calígula pairar sob o adversário. O PT hoje adquiriu essa mancha. Mesmo se eles conseguirem ganhar a eleição, terá problemas. Como um partido que fez uma campanha tão podre tem moral para governar uma nação como a nossa? Eles não tem mais.

Mas se nós aproveitarmos para lançar o shaming sobre o PT durante essas eleições, liquidamos a fatura e tiramos essa gente do poder.

Agora a luta não é mais apenas contra um partido extremista, mas contra monstros morais, pessoas incapazes do convívio social. Enfim, pessoas que agem feito psicopatas. Não há nada mais fácil do que compilar evidências da campanha do PT e demonstrá-los como a escória moral do país.

É óbvio que este tipo de ataque não é o único a ser feito, mas um dos principais, pois, como já disse, o PT agora está sob o Efeito Calígula. Há uma avenida a ser aproveitada aí…

Com este tipo de ataque à moral petista, é só correr pro abraço e eleger Aécio Neves.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog