A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, agosto 12, 2014

ESCÂNDALO: Comunistas baderneiros do MST atacam militares do Corpo de Bombeiros que apagavam incêndio em fazenda invadida

MST ataca Corpo de Bombeiros enquanto militares apagavam incêndio


Homens tentavam conter as chamas em áreas invadidas quando foram atacados por invasores. Viatura ficou danificada

Ataques danificaram a viatura e uma das lanternas traseiras foi quebrada

Um caminhão do Corpo de Bombeiros foi atacado no momento em que apagava um incêndio florestal na BR-020, altura do KM 42, em Planaltina, às 16h40 desta segunda-feira (4/8). 

Uma parte da propriedade privada Fazenda Três Pinheiros, ocupada desde a manhã de domingo (3/8) por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), pegou fogo. Os bombeiros do Grupamento de Planaltina receberam o chamado por volta das 14h35 para combater as chamas, mas os manifestantes atacaram o carro oficial com paus, pedras e facão quando os militares terminavam o trabalho. As agressões danificaram a viatura e uma das lanternas traseiras foi quebrada.

O Corpo de Bombeiros confirma que os militares também sofreram ameaças do grupo de cerca de 100 pessoas. A hipótese de que o incêndio tenha sido provocado pelos ocupantes não está descartada. A 31ª Delegacia de Polícia (Planatina) registrou a ocorrência e investiga o caso, mas até o momento não prendeu ninguém pelo dano ao patrimônio.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog