A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

sexta-feira, junho 13, 2014

HERANÇA DO PT: Um PAI BRASILEIRO tira seu filho adolescente da manifestação dos BLACK BLOCS









Isso é realmente incrível! Um pai foi no meio dos black blocs retirar o filho na marra, depois se acalma e apela para argumentos para persuadir o moleque, que fica apenas repetindo que é seu “direito” protestar por um “mundo melhor”. Ele quer “educação”, e para isso está disposto a se mascarar e quebrar tudo pela frente. Levou um pito em público, para ver se aprende uma lição.

É o que Pondé costuma dizer: seria bom se essa garotada arrumasse o próprio quarto antes de querer “salvar o mundo”. Bancados pela mesada do papai, em busca de aventura, aí é fácil. Faço coro com o pai: vai arrumar um trabalho!

Rodrigo Constantino







Um pai experiente querendo o melhor pro seu filho, tentando impedí-lo de enveredar pro caminho da rebeldia sem causa.

O moleque, imbecilizado pelo sistema educacional, confronta o pai com o apoio dos "amigos".

Nas falas do garoto percebe-se a confusão mental típica de um adolescente influenciado por idéias revolucionárias. Ele grita e balbucia termos sem nexo e problemas sociais, não tendo a mínima ideia das causas e da possível resolução de tais problemas.

Parabéns ao pai por intervir e não deixar que o filho vire mais um idiota útil, soldado de causas partidárias, achando que luta contra a maldade do mundo.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog